quinta-feira, 30 de julho de 2015

Eldorado - Milton Nascimento

Olá, meus queridos amigos.
Hoje, especialmente, uma linda poesia de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos para vocês que apreciam o "Cantinho da Literatura".
Para quem não conhece, é só abrir a porta desse espaço que nos leva a sonhar e divagar, com os maravilhosos escritores brasileiros que foram homenageados com suas surpreendentes histórias e poemas.
Eldorado
Quem te ensinou viver

Menino, quem foi teu mestre e mais
quem diz que vem do amor
E chega pra derramar meu ais
Quem te ensinou esperar


Não perde por esperar demais
Beira do cais estou
Na beira de uma saudade a mais



Volta para a estrada, gente cigana
vamos festejar o pouco que há
Nad se compara à farra da terra 
Quando a caravana passa por lá


Eu tambem fiz vinte anos Eldorado
E a caravana quis me levar
Me jogaram pra dormir num chão de cadeia
No meu sonho eu via as ondas do mar



Olhos que deram luz nos meus olhos
Nesse olhos onde estrelas vem se mirar
Caros olhos negors espelho da seda
Matam de saudade e o resto é lenda
É lenda



Quis te conhecer melhor, veio a madrugada
E me carregou pra um outro lugar
Muita coisa eu esqueci no fundo da mala
Mas não me separo daqule olhar


Não se poderá dizer não é de nada
Olhos que são meus de tanto sonhar
Não me lembro de ninguem com olhos mais negros
Nem manhã mais clara de se lembrar



Eu tambem fiz vinte anos Eldorado
E a caravana quis me levar
Me jogaram pra dormir num chão de cadeia
lam no galope as ondas do mar
 Milton Nascimento e Ronaldo Bastos

terça-feira, 28 de julho de 2015

Sapatinhos de Bebê - 3ª Remessa

Olá, meus queridos amigos.
Mais uma seleção de lindos sapatinhos para bebês de 0 a 4 meses. Vejam que lindinhos!
 Sapatinhos de Crochê Bebê Lili em três versões, feito com linha Anne vermelha . R$ 25,00 cada par. (Vendidos)






 Sapatinho de Tricô Bebê Fadinha, feito em ponto arroz e acabamento com uma delicada gaitinha. Lã Keamor Bebê branco - Unissex - R$ 25,00 o par. (Vendido)

 
  Sapatinhos de Crochê Batizado em cinco versões, feito com Lã Keamor Bebê nas cores vermelho e branco, sendo três pares unissex e dois pares para menininhas. - R$ 25,00 cada par.
(Vendidos)




 
                                     (Vendido)
 

 
(Vendido)
"Quero tornar-me aquilo que sou: uma criança feita de luz."



segunda-feira, 27 de julho de 2015

Provérbios 15.1

Olá meus queridos amigos.
Vamos começar bem essa semana refletindo sobre esse belo testo; tenho certeza que cada um de nós já passou por algum tipo de experiência dessa natureza; tenho certeza que algumas vezes ouvimos injustiças, acusações e julgamentos e em tons alterados, assim como também já nos alteramos algumas vezes e sabemos muito bem que isso não traz nenhum benefício. Nosso coração dispara e os nervos ficam à flor da pele, enfim, realmente é uma "lenha na fogueira" e para "consertar" depois, tanto de um lado como de outro, fica muito difícil, mas fica a experiência e a certeza de que realmente precisamos nos conter e procurar pensar antes de ofender, procurar conversar, analisar e principalmente falar somente o que temos certeza.
Dessa forma muitos constrangimentos serão evitados, sem necessidade de abalar e estremecer amizades e relacionamentos em família.

"A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira." (NVI)

"A resposta moderada neutraliza a ira, mas a língua afiada põe mais lenha na fogueira." (AM)

"Que conselho sábio! Quando uma pessoa o está acusando, ela está possuída de uma atitude que não vem de Deus, porque Ele não é acusador. Satanás é o acusador. Deus não acusa e nem atribui culpa às pessoas, sendo assim você precisa levar isso em consideração. Normalmente, quando isso acontece, essas pessoas, de forma consciente ou não, falam coisas a seu respeito que não são verdadeiras. Geralmente falam o oposto da realidade, mas elas não enxergam. Neste caso, se você responder no mesmo tom, nada vai resolver, mas sua resposta justa e calma será capaz de neutralizar a ira dessa pessoa contra você. Portanto, se, por meio de palavras, alguém lhe chamou para briga, não aceite. Chame esta pessoa para uma conversa e para oração. Desvie-se da ira e seja um pacificador hoje."

Vamos refletir?
Uma ótima e calma semana a todos.
Abraços da amiga Janete

sábado, 25 de julho de 2015

Cachecol de tricô branco


Feito com Lã Mollet branca
Comprimento: 130 cm - R$ 60,00


"Enfunando os papos,
Saem da penumbra.
Aos pulos, os sapos
A luz os deslumbra."
Manuel Bandeira


quinta-feira, 23 de julho de 2015

Affonso Romano de Sant'Anna

Olá, meus queridos amigos e leitores do "Cantinho da Literatura".
Descobri mais um escritor brasileiro; genial e super intelectual e apenas como "aperitivo" segue uma "amostra grátis de sua Biografia, mas sugiro que o conheçam melhor. Pesquisem. Vocês vão se surpreender.
Boa leitura.
Abraços da amiga Janete

Affonso Romano de Sant'Anna É um caso raro de artista e intelectual que une a palavra e ação. Com uma produção diversificada e consistente, pensa o Brasil e a cultura do seu tempo, e se destaca como teórico, como poeta, como cronista, como professor, como administrador cultural e como jornalista.

Com mais de 40 livros publicados, professor em diversas universidades brasileiras - UFMG, PUC/RJ, URFJ, UFF, no exterior lecionou nas universidades da California (UCLA), Koln (Alemanha), Aix-en-Provence (França). Seu talento foi confirmado pelo estímulo recebido de várias fundações internacionais como a Ford Foundation, Guggenheim, Gulbenkian e o DAAD da Alemanha, que lhe concederam bolsas de estudo e pesquisa em diversos países.

Definição

O corpo é onde
 é carne:
O corpo é onde há carne 
e o sangue é alarme

O corpo é onde
 é chama:
O corpo é onde há chama
e a brasa inflama

O corpo é onde
 é luta:
o corpo é onde há luta
e o sangue exulta

O corpo é onde 
é cal:
o corpo é onde 
há cal
e a dor
é sal

O corpo
é onde
e a vida
é quando.
Affonso Romano de Sant'Anna


Silêncio Amoroso
Preciso do teu silêncio
cúmplice sobre minhas falhas.
Não fale.
Um sopro, a menor vogal pode me desamparar.
E se eu abrir a boca minha alma vai rachar.
O silêncio, aprendo, pode construir. É um modo
denso/tenso - de coexistir.
Calar, às vezes, é fina forma de amar.
Affonso Romano de Sant'Anna       

             

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Provérbios 19.23

Olá meus queridos amigos.
Hoje, vamos começar bem a semana com esse provérbio que fala sobre o temor a Deus.
O texto é muito realista, porém, eu acredito ser um tanto polêmico, mas a mensagem principal permanecerá sempre na certeza de que as consequências desagradáveis não nos surpreenderão, pois sabemos dos nossos atos e sabemos bem o que fazemos de melhor e de pior em nossas vidas, mas quando estamos mais próximos de Deus, com toda certeza, Ele nos impede de seguir certos impulsos naturais da vida e próprios do ser humano. Tudo fica bem melhor e mais claro quando não soltamos das Mãos abençoadas do nosso Deus. Infelizmente, os problemas continuarão acontecendo pelo mundo atingindo direta ou indiretamente em nossas famílias, em nossas vidas, mas com a fé fortalecida, poderemos aceitar melhor, conciliar e até mesmo resolver os problemas, rompendo as barreiras do medo, da dúvida e do desespero. Jesus é o nosso amparo, nossa força e vitória.
Que possamos ficar sempre bem juntos de Deus, caminhar na estrada de Jesus, para que possamos nos fortalecer para as surpresas desagradáveis, pois elas existem e sempre falo que a vida é uma caixinha de surpresas e quando acordamos não sabemos o que nos espera para "hoje", mas o fardo será sempre mais suportável quando confiamos no Senhor; na sua bondade e misericórdia; no seu amparo e nos seus livramentos e, principalmente na sua justiça e sabemos também que somos testemunhas do seu amor e do seu poder. "A sabedoria está no temor a Deus".
Vamos refletir?
Abraços da amiga Janete

"O temor do Senhor conduz à vida: quem o teme pode descansar em paz, livre de problemas." (NVI)

"O temor do Eterno é a vida em si; uma vida  plena e serena - sem surpresas desagradáveis." (AM)

"Na vida, sempre teremos as boas surpresas e as surpresas desagradáveis. Entretanto, existem "surpresas" que, na verdade, são consequências da nossa própria falta de temor e obediência aos mandamentos do Senhor. Alguns exemplos: multas por infração, juros em cartões ou faturas por atraso no pagamento, problemas financeiros por má administração dos recursos, gravidez indesejada por sexo fora da vontade de Deus, entre outras. Tudo isso não acontece com quem teme ao Senhor. Respeitar e honrar os direcionamentos da Palavra de Deus elimina as "surpresas" desagradáveis e nos dá uma vida livre de problemas e cheia de paz. Portanto, antes de tudo, tema a Deus, viva para Ele e siga Seus direcionamentos. Você prefere obedecer ou padecer? Que a sua vida seja cheia de boas surpresas e livre de consequências desagradáveis.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Antônio Gedeão


Olá, meus queridos amigos.
Hoje, com mais uma descoberta, faço uma homenagem a esse escritor português, que também sugiro que pesquisem mais sobre as obras maravilhosas deixadas por ele.            
Vejam quem foi António Gedeão
  Escritor - Rómulo Vasco da Gama de Carvalho foi um professor e poeta português. Foi um químico, professor de físico-química do ensino secundário no Liceu Pedro Nunes e no Liceu Camões, pedagogo, investigador de História da ciência em Portugal, divulgador da ciência, e poeta sob o pseudónimo de António Gedeão. Pedra Filosofal e Lágrima de Preta são dois dos seus mais célebres poemas. Encontra-se colaboração da sua autoria na rubrica Panorama Científico do semanário Mundo Literário.

TEMPO DE POESIA
Todo o tempo é de poesia

Desde a névoa da manhã
à névoa do outo dia.

Desde a quentura do ventre
à frigidez da agonia

Todo o tempo é de poesia

Entre bombas que deflagram.
Corolas que se desdobram.
Corpos que em sangue soçobram.
Vidas qua amar se consagram.

Sob a cúpula sombria
das mãos que pedem vingança.
Sob o arco da aliança
da celeste alegoria.

Todo o tempo é de poesia.

Desde a arrumação ao caos
à confusão da harmonia.

©ANTONIO GEDEãO
In Movimento Perpétuo, 1956 


AURORA BOREAL
Tenho quarenta janelas
nas paredes do meu quarto.
Sem vidros nem bambinelas
posso ver através delas
o mundo em que me reparto.
Por uma entra a luz do Sol,
por outra a luz do luar,
por outra a luz das estrelas
que andam no céu a rolar.
Por esta entra a Via Láctea
como um vapor de algodão,
por aquela a luz dos homens,
pela outra a escuridão.
Pela maior entra o espanto,
pela menor a certeza,
pela da frente a beleza
que inunda de canto a canto.
Pela quadrada entra a esperança
de quatro lados iguais,
quatro arestas, quatro vértices,
quatro pontos cardeais.
Pela redonda entra o sonho,
que as vigias são redondas,
e o sonho afaga e embala
à semelhança das ondas.
Por além entra a tristeza,
por aquela entra a saudade,
e o desejo, e a humildade,
e o silêncio, e a surpresa,
e o amor dos homens, e o tédio,
e o medo, e a melancolia,
e essa fome sem remédio
a que se chama poesia,
e a inocência, e a bondade,
e a dor própria, e a dor alheia,
e a paixão que se incendeia,
e a viuvez, e a piedade,
e o grande pássaro branco,
e o grande pássaro negro
que se olham obliquamente,
arrepiados de medo,
todos os risos e choros,
todas as fomes e sedes,
tudo alonga a sua sombra
nas minhas quatro paredes.

Oh janelas do meu quarto,
quem vos pudesse rasgar!
Com tanta janela aberta
falta-me a luz e o ar.

©ANTONIO GEDEãO
In Teatro do Mundo, 1958 

terça-feira, 14 de julho de 2015

"Bolo de Milho Verde e Flocão"


Olá, meus queridos amigos.
Esse é  um bolo feito no vapt vupt..... bateu tá pronto, aí não tem coisa melhor para fazer a alegria do café, do lanche e dos visitantes. Muito bom mesmo!!!



Ingredientes e preparo:

No liquidificador ponha 1 lata de milho em conserva (escorra a água) +1 garrafinha (200 ml.) de leite de coco, + 200 ml. medida da mesma garrafinha de leite integral, + 3 ovos.
 Agora bata bastante até que o milho fique bem cremoso, logo acrescente 2 xícaras de açúcar, 4 colheres (sopa) de manteiga ou margarina e 1 e 1/2 xícara de farinha de milho flocada, 50 g. de queijo ralado, bata mais um pouco.
Acrescente 1 xícara de farinha de trigo, com fermento (ou uma colher de pó royal, caso o trigo não tenha fermento); bata mais um pouco e despeje numa forma de sua escolha, leve ao forno e asse por mais ou menos 50 minutos, até que enfiando um palito este saia limpo.

Obs.: Existe a farinha flocada pré-cozida para cuscuz, mas usei farinha de milho flocada comum.
A textura lembra o bolo Amélia; bem macio e tem um sabor todo especial e para "melhorar" ainda mais, salpiquei pedacinhos de goiabada na massa. "toque de Chef", rssss.
Façam essa receita; vocês vão amar.
Abraços da amiga Janete
"Meu povo, sofremos tanto
Mas sabemos o que é bom.
Vamos fazer uma festa
Noites assim, como essa
Podem nos levar pra o tom."
Caetano Veloso



segunda-feira, 13 de julho de 2015

2 Timóteo 1.7

Olá, meus queridos amigos.
Leiam esse texto. Reflitam e comecem bem essa semana.

"Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio." (NVI)

"Deus não quer que sejamos tímidos com seus dons, mas ousados, amorosos e sensíveis."(AM)

"Infelizmente muitas pessoas, inclusive cristãs, vivem paralisadas e atrofiadas pelo medo. Entenda que o medo, segundo esta passagem, não é simplesmente um sentimento, é algo maior, um espírito maligno que definitivamente não deve agir em sua vida. Deus não lhe deu esse espírito de medo e covardia que tenta diminuir, inibir ou manipular você. Deus lhe deu espírito de amor, de coragem, de ousadia e equilíbrio. O medo supõe dominação e opressão, mas Deus o fez para liberdade e para conquista. Lance fora todo o medo e viva uma vida corajosa e plena. Busque e receba tudo o que Deus tem para sua vida e rejeite e repreenda tudo o que o Inimigo lançar sobre você para limitá-lo.
Realmente, precisamos refletir sobre tudo isso; o medo nos inibe de fato e eu sou uma pessoa com algumas limitações e frustrações por causa do medo, mas ainda é tempo de recuperar e confiar mais na vida e nos dons que Deus nos deu.
Abraços da amiga Janete.
Uma ótima semana a todos.


domingo, 12 de julho de 2015

Massa de Pizza


Olá, meus queridos amigos. Essa receita de massa de pizza é super prática. No sábado, resolvi fazer uma massa diferente para variar, pois sempre faço aquela receita de "Pizza fácil" que vocês já conhecem do "Cantinho da Culinária", e é uma delícia.

Essa receita é mais tradicional e foi super aprovada pela família; tanto que repeti a dose hoje, mas peço desculpas pelas fotos; acontece que ontem esqueci de fotografar e hoje já ia esquecendo também e quase não deu tempo, pois lembrei quase no final, mas dá para ter uma ideia de como ficou; prometo que na próxima, sairá melhor. isso se eu não esquecer e se der tempo, rss.




Ingredientes:
  • 1 envelope de fermento biológico
  • 1 ovo
  • 10 ml de leite morno
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 3 copos de farinha de trigo (quantidade aproximada, pois pode ser que se utilize uma quantidade diferente, vai depender da temperatura e da qualidade da farinha)
Modo de preparo:
Misture o fermento, o açúcar, o sal, a manteiga e mexa até o fermento dissolver e formar uma pasta. Logo em seguida, adicione o leite e o ovo e misture rapidamente.
Inicialmente adicione 2 copos de farinha e misture com as mãos, depois vai colocando o último copo de farinha aos poucos até que a massa desgrude de sua mão, pode ser que se utilize um pouco menos ou mais do que o copo de farinha.
Assim que a massa desgrudar da sua mão deixe-a descansar um pouco, para que ela cresça de volume.
Rendimento: Dependendo do tempo de descanso pode render de duas a três pizzas grandes.

Tempo no forno: 20 a 25 minutos.
Viram como é simples? Tenho certeza que vão curtir fazer essa pizza.
Até a próxima.
Abraços da amiga Janete

"Ó vós, que sois a minha força
À vós, meu Deus, cantarei salmos porque sois minha defesa.
Ó meu Deus, vós sois todo bondade para mim".
Salmo 58-18

Sapatinhos de crochê para bebê - menino e menina


Olá meus queridos amigos. Mais uma remessa de lindos sapatinhos de crochê para bebês de 0 a 4 meses.
R$ 25,00 cada par.
Sapatinho de crochê com flores, feito com linha Camila Fashion branca e linha Camila 1000 vermelho com fio duplo e um lindo botãozinho na lateral. (Vendido)
                                     
Com detalhe especial, ajustável na fivela de crochê.

Sapatinho de crochê Bebê Menino - Em tons de marrom e bege, feito com Linha Anne. (Vendido)
Sapatinho Bebê Menino - Em crochê, com linha Camila 1000 fio duplo verde água. (Vendido)

Sapatinho de crochê tipo botinha - Lã Keamor rosa.
(Vendido)

"Vai ter uma festa que eu vou dançar
até o sapato pedir para parar
aí eu paro tiro o sapato
e danço o resto da vida."
Chacal




quinta-feira, 9 de julho de 2015

Para atravessar contigo o deserto do mundo - Sophia de Mello


Olá, meus queridos amigos. Essa semana vocês estão sendo presenteados com duas lindas poesias de uma grande escritora portuguesa e sugiro que se informem mais sobre a sua vida, sua obra, enfim, toda sua trajetória, mas enquanto isso, vejam um pequeno resumo  de sua biografia.
                    Sophia de Mello Breyner Andresen
                  Nasceu a 06 Novembro 1919
(Porto)
Morreu a 02 Julho 2004
(Lisboa)
Sophia de Mello Breyner Andresen foi uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999.


Para atravessar contigo o deserto do mundo
Para enfrentarmos juntos o terror da morte
Para ver a verdade para perder o medo
Ao lado dos teus passos caminhei

Por ti deixei meu reino meu segredo
Minha rápida noite meu silêncio
Minha pérola redonda e seu oriente
Meu espelho minha vida minha imagem
E abandonei os jardins do paraíso

Cá fora à luz sem véu do dia duro
Sem os espelhos vi que estava nua
E ao descampado se chamava tempo

Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento




Soneto à maneira de Camões

             Esperança e desespero de alimento
Me servem neste dia em que te espero
E já não sei se quero ou se não quero
Tão longe de razões é meu tormento.

Mas como usar amor de entendimento?
Daquilo que te peço desespero
Ainda que mo dês - pois o que eu quero
Ninguém o dá senão por um momento.

Mas como és belo, amor, de não durares,
De ser tão breve e fundo o teu engano,
E de eu te possuir sem tu te dares.

Amor perfeito dado a um ser humano:
Também morre o florir de mil pomares
E se quebram as ondas no oceano. 
Lindo, não é mesmo?
Até a próxima semana com mais poesias para vocês.
Abraços da amiga Janete



                                                 

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Salmo 23.1

"O Senhor é o meu pastor, de nada terei falta."(NVI)

"Ó Eterno, meu pastor! Não preciso de nada." (AM)

Olá, meus queridos amigos. Vamos começar bem a semana, sempre reafirmando nossa fé no Deus que supre todas as nossas necessidades, que tudo vê e a todos conhece muito bem.
Todos somos testemunhas das provisões de Deus em nossas vidas, de todo "sufoco", dos momentos em que nos vemos "perdidos”, nas causas impossíveis e que de repente, tudo se resolve como num "passe de mágica"; mas não é mágica, é a misericórdia do Senhor que não nos desampara e está sempre atento a tudo que realmente precisamos. Eu creio muito nisso, pois é Nele que confio e espero. E vocês?
Vamos refletir?
"Todo o Salmo 23, em seus 6 versos, nada mais é que a reafirmação da promessa de Deus sobre sua vida, uma promessa plena e abundante, autossuficiente e cheia de provisão. O Senhor é meu pastor! Entenda a profundidade desta afirmação. O Eterno é seu pastor, portanto, acredite, você não precisa de mais nada. Ele tudo vê e tudo suprirá! Ele o protegerá, o levará a pastos verdes e a águas tranquilas. Nos dias difíceis, você não ficará com medo e a bondade do Senhor estará sobre a sua vida eternamente!
Uma abençoada semana a todos.
Abraços da amiga Janete




domingo, 5 de julho de 2015

Lindos sapatinhos de bebê em crochê e tricô


 Olá, meus queridos amigos.
Mais uma remessa de graciosos sapatinhos de bebê, com direito a modelo; sim, não é uma boneca, mas uma linda criança que "emprestou" seus lindos e delicados pezinhos de princesa.
Essa fofura é a Manuela. e está usando um lindo sapatinho de tricô rosa, feito com linha Keamor da Pingouim.
Cada par, custa apenas R$ 25,00

 Sapatinho de crochê branco e vermelho com flores - tipo "boneca" - (Vendido)
Sapatinho de tricô com lã Keamor rosa, com pontos em relevo e arroz simples, com lindo acabamento em tricô rendinha branco. (Vendido)
Sapatinho de crochê, feito com linha Camila 1000 branco e rosa - (Vendido)

Sapatinho de crochê branco, feito com linha Camila Fashion. (Vendido)
Sapatinho de tricô, com lã Keamor vermelho, trabalhado em fio duplo em ponto relevo, com acabamento em ponto arroz e gaitinha, para um charme especial.

Sapatinho vermelho feito em tricô, todo em ponto arroz simples, com uma linda gaitinha, possibilitando uso em duas versões: Caninho alto e caninho baixo, dando ideia de botinha. (Vendido)
Não são lindinhos? Estou encantada e ansiosa para postar mais sapatinhos fofos para vocês.
Abraços da amiga Janete
"...E os homens dirão: "Sim, há recompensa para o justo,
Sim, há um Deus para julgar a terra."
Salmo 57-12

...Notícias...