segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Não guardar rancor

Olá, meus queridos amigos.
Vamos começar a última semana do mês, com uma reflexão muito importante sobre um dos sentimentos mais pesados, que é o rancor; sim, esse sentimento transmite a incapacidade de perdoar, gera um orgulho ferido e enfraquece a fé e nada melhor para eliminar um sentimento negativo do que se tornar mais humilde e compreensivo e buscar o próprio perdão, não desejando mal ao próximo e não carregando esse ressentimento profundo ao longo da vida.
 
Não guardar rancor

O rancor deixa a ferida da ofensa aberta. Já o perdão a faz cicatrizar. Alguns ferimentos cicatrizam sem deixar marcas. São como as ofensas leves, que perdoamos facilmente e esquecemos. Outros ferimentos são mais profundos e deixam marcas visíveis como cicatriz. A diferença é que a cicatriz não dói. É o que acontece quando perdoamos uma ofensa grave a alguém. A lembrança estará sempre presente, mas não nos magoa mais pois a perdoamos. Ainda existe o tratamento estético para cicatrizes, o que corresponde ao reforço da relação com um sincero arrependimento e um pedido de perdão. É a parte que diz respeito ao outro, porque a nossa é perdoar de toda maneira.
Apolônio Carvalho

Vamos refletir?
Abraços da amiga Janete

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Sonia Schmorantz - Então escrevo...

Olá, meus queridos amigos.
É desse jeito que a gente sente lendo as maravilhosas obras dos escritores idealistas e sonhadores, com as poesias de Sônia Schmorantz que nos fazem sonhar, divagar, refletir... com a filosofia e o realismo encantador de Sônia Pimentel,  com uma pitada especial de sonhar, voltando ao passado, e o romantismo de Valdecy Guimarães, que nos faz sentir eternas namoradas de todos os tempos; dos tempos de nossa adolescência, em que vivíamos de sonhos, ilusões e esperança de encontrar um "príncipe encantado"... enfim, a grandeza de expor com tanta espontaneidade, sentimentos e emoções que brotam de sonhos e de suas próprias experiências; e é assim que em cada palavra, em cada frase, versos rimados ou não, nos levam a refletir também sobre os nossos sonhos e nossas experiências, nos transportando para esse mundo de poesias, entendendo a mensagem desses sensíveis seres humanos que nos proporcionam momentos de inspiração e de doces lembranças sempre de volta ao passado...
E é assim que vamos entender e conhecer um pouco mais de uma dessas escritoras, que vocês têm acompanhado no nosso blog da amizade.
Então, vamos sonhar, viajar, filosofar e nos emocionar com Sonia Schmorantz.
Abraços da amiga Janete
 
Escrever tem destas coisas, faz a gente pensar
buscar dentro de si, sentimentos e emoções,
mas as palavras são como conchas,
leva-se tempo para encontrar as mais bonitas,
aquelas que a gente guarda porque tem perfume de mar.
Os sentimentos guardados são como
as conchas fechadas, que só por magia se abrem.
São como conchas que nos acostumamos a pisar
quando andamos pela praia.
As conchas do mar guardam segredos de alguém.

Aberta a concha posso falar de poesia,
do triste e belo brilho das estrelas,
da concha que tem barulho de mar,
assim como falo das palavras, que se fecham,
até que belas e coloridas surgem na tela,
como as conchas, que são um presente do mar.

Adormeço nesse oceano que me cerca
E suave como um crepúsculo a solidão arrebata minha alma.
Então escrevo...
Escrevo para quebrar a solidão dos meus dias
Abraçada neste mar de estrelas que entra pela janela.
Escrevo sem rimas, sem cuidado, sem nada...apenas escrevo
Buscando acalmar a solidão da alma ...
Escrevo para provar o sabor do vento, para ser chama,
Para encontrar a calma, mesmo que distante.
São devaneios noturnos, coisas loucas que se sente,
Então escrevo...
Palavras para uma carta, na garrafa a ser lançada no mar,
Uma mensagem deixada a própria sorte
Para atravessar o mar...
Este mar de solidão...

 Sônia Schmorantz

"...Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso."
Fernando Pessoa


 

 

 

 
 

 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Confiar


Olá, meus queridos amigos.
Para começar bem a semana, um ótimo texto para refletir sobre a confiança no relacionamento.
 
 
"Muitos relacionamentos se desgastam ou mesmo terminam por falta de confiança. Às vezes a pessoa prefere sofrer ​pela ausência do outro do que conviver com suas fraquezas. O que fazer? Devemos entender o que o amor nos sugere. O amor é perdão, mas é também verdade e justiça. Devemos mostrar o erro sem condenar, ​demonstrar o quanto podemos fortalecer a relação com a transparência e que sem ela não pode haver confiança mútua. Dar ao outro uma responsabilidade é dar​-lhe​ confiança, pode ser isso o que falta. Todos nós queremos uma nova oportunidade depois de um erro, após um fracasso e mais ainda depois de causar uma desilusão. Demos ao outro uma nova chance, mas dessa vez demos antes de tudo a nossa confiança."

Apolônio Carvalho

Então, vamos refletir?
Uma ótima semana para vocês.
Abraços da amiga Janete
 
 

 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Encantamento - Sônia Pimentel

Olá, meus queridos amigos.
Para quem conhece D. Sônia Pimentel, sabe, com certeza, da sua sensibilidade e da sutileza com que usa as palavras contando as suas experiências por meio de poesias -  e é uma viagem no tempo - , como se fizéssemos parte dessas histórias. E para quem não a conhecia e teve a oportunidade de ler alguns de seus poemas, postados no nosso Cantinho da Literatura, tenho certeza que ficou com a mesma sensação: a de ter vivido em algum tempo ou em algum lugar, a mesma experiência contada por essa escritora amiga e respeitada por todos que a conhecem de fato.
Já falei um pouco dessa querida escritora, mas quero dizer que admiro muito o seu jeito carinhoso e simples de contar as suas experiências, e com tanto orgulho, que nos faz orgulhosos, quando sentimos, ao mesmo tempo, um calor humano, e um encantamento transparente e muito especial, e como ela mesma fala: "Tenho estado a brincar com um jogo de linguagem chamado filosofia", e isso já é suficiente para entender toda simplicidade somados com a arte, o prazer de escrever e a gratidão a Deus, pelos dons recebidos.
Encantamento, é uma dessas estórias, que acontecem-no cotidiano e nas coisas simples, que Sônia Pimentel faz questão de dar um significado importante, no seu "cantinho da memória" e faz parte do seu livro "Poemas Poesias", o primeiro das suas quatro obras, e que fui presenteada com um caloroso abraço, em 19 de novembro de 2004, quando ela frequentava o projeto Navegando na Internet na Melhor Idade, e que eu era uma de suas instrutoras, e nesse tempo, eu já a admirava.
Depois desse livro, D Sônia escreveu "O meu jeito de Sonhar" - poemas crepusculares - e atualmente lançou dois livros infantis - "Ai que susto, São João!" e "Criancice".

Encantamento
 
Em frente a minha janela,
sobe um prédio em construção
onde, em certa manhã de sábado,
entre ferros e argamassas,
um trabalhador cantava.
 
O Senhor ele louvava
e, pelo dia, dava graças;
e, para garantir seu sustento,
lá no alto pendurado,
nos andaimes equilibrava-se.
 
E o canto com sua mensagem,
talvez, o progresso perdoasse,
por se meter no caminho,
na paisagem interferindo
e a natureza agredindo.
 
E na poeira que subia,
e no suor que escorria,
e no canto que ecoava,
e no homem que cantava
havia tamanha beleza...
 
Que até Deus se emocionava!
 
Para Sônia Pimentel e a todos vocês, meus queridos amigos, a minha gratidão e um caloroso abraço da amiga Janete

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Bolero pérola


 Gracioso bolero em crochê com fio Supremo brilho - 
Tamanho M - R$ 60,00





Todo Caminho

Guimarães Rosa

Todo caminho da gente é resvaloso.
Mas também, cair não prejudica demais
A gente levanta, a gente sobe, a gente volta!...
O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim:
Esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa,
Sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem.
Ser capaz de ficar alegre e mais alegre no meio da alegria,
E ainda mais alegre no meio da tristeza...

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Mt 18,21-19,1


Olá, meus queridos amigos.
Vamos começar essa semana com mais uma reflexão, com esse texto que não deve ser banalizado, pois é um tema que envolve toda a humanidade, afinal, quem nunca ofendeu ou foi ofendido? Quem nunca errou ou cometeu algum ato inconsequente, ou quem nunca se deu conta de uma grande falha, um desvio em sua vida?
Existe um tempo em que achamos que jamais cometeremos erros, que somos corretos e que podemos andar sempre com a cabeça erguida, pois nada nos atingirá. De repente, acontece algo inesperado e que nem mesmo acreditamos ter acontecido; algo que pudesse manchar nossa reputação, e as coisas mudam de figura.
O julgamento chega rápido, ninguém se interessa em saber o que realmente aconteceu; a pressa é de julgar, caluniar e condenar, mas o que muitos não sabem, é que, ao julgar sem se preocupar com o que essa atitude pode causar numa pessoa que antes era vista com bons olhos, e que realmente merecia uma oportunidade para se defender, pode gerar mágoa e dor por toda a vida.
Já pensaram que estrago tudo isso pode causar na vida de uma pessoa, mesmo que ela se julgue culpada, que ficará marcada e que essa ferida jamais será cicatrizada; será que jamais será digna do perdão? Será que essa pessoa não foi mais ofendida, do que ofendeu?
Vamos refletir? Uma boa semana para todos.
Abraços da amiga Janete.
PERDOAR A OFENSA DO NOSSO PRÓXIMO
"Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete." (Mt 18,22) Deus quer que sejamos misericordiosos com todos. Parece uma tarefa difícil porque algumas pessoas podem não merecer segundo o nosso julgamento. Mas na verdade, nós temos um grande benefício ao perdoar, pois a mesma medida de perdão será usada para nós. Perdoando nos tornamos aptos a recitar a oração do Pai Nosso e dizer com convicção: Perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.

Apolônio Carvalho
 

sábado, 12 de novembro de 2016

Calcinhas em crochê

Coisinha fofa da mamãe.
Calcinha em crochê branca com babadinhos, feita com linha Anne e delicadas aplicações, para bebê de 0 a 3 meses. R$ 25,00 (Vendida)

Feita com linha Anne branca e babadinhos em linha Cléa rosa, com delicadas aplicações. R$ 25,00 (Vendida)

Cheia de charme, essa delicada calcinha em crochê com fio duplo na linha Camila 1000 na cor off White, com detalhes em fitinhas de cetim pérola. Tamanho de 0 a 3 meses - R$ 25,00 (Vendida)









sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Colete de crochê com pontas



Uma graça de colete para adolescente.
 
 
 Delicado e charmoso, para meninas a partir de 12 anos ou para quem usa tamanho P de adulto.
Feito com fio duplo - Supremo brilho pérola e linha Cléa bege.
R$ 60,00
 

 






quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Devolva-me - Valdecy Bragança

Olá, meus queridos amigos.
Para vocês, mais uma linda poesia da amiga e escritora Valdecy Bragança, com todo seu romantismo e inspiração.
 
 
"Carregou de mim,
Por favor, devolva-me!
Os carinhos que te dediquei,
A atenção desgastada.
Devolva-me os meus beijos,
Que nos desejos enfraqueceram.
E estes olhares que foram tão cruciantes,
Que hoje estão tão distantes.
O desejo de ficar perto
Ficou tão longe.
Quero também de volta meu sossego,
A agonia da esperança,
O encantamento fragmentado.
Devolva-me o meu coração,
Que é de ouro, me é caro.
Quero de volta tudo que me pertence.
Mas quero você,
Que também é meu!"
 
Essa foi uma das poesias oferecidas no 4° Sarau da Val, com o tema "Eu, você e a Poesia", que aconteceu em setembro deste ano.
foi realmente um fim de tarde muito gratificante e agradável -  esse encontro de amigos, músicos e escritores.
Querem saber mais sobre esse Sarau? à direita da página, tem um link do CCJC - Centro de Convivência.
Podem dar uma "espiadinha"; vocês vão gostar.
Abraços da amiga Janete
 

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Jogos de Sousplat em crochê

Um charme para a sua mesa
 Lindo jogo de Sousplat com oito peças, no fio Barroco verde escuro com 36cm de diâmetro cada peça. (Vendido)
Nessa medida, o valor de cada peça é de R$ 25,00.
Jogo completo, a partir de 6 peças, a unidade sai por R$ 15,00.
Lindo jogo com cinco peças em tons de azul, com diâmetro de 32cm.  - R$ 25,00 cada peça.
Jogo completo: R$ 100,00 (Vendido)
 



 
"Plácida a sombra atravessa o limiar do dia
nos interstícios do olhar
a luz espreita limpa e serena e nos convida."
Amélia Pais


segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Uma palavra amiga



Olá, meus queridos amigos.
Uma linda mensagem para começarmos bem a semana e refletirmos sobre a importância de um gesto amigo, um olhar, ou uma palavra de apoio a quem realmente precisa; mas quem não precisa de uma motivação para levar adiante esses tempos de tantas tribulações em nossas vidas? Não precisamos escolher pessoas para isso. Basta olhar à nossa volta, em qualquer lugar e simplesmente sorrir e olhar com afeto, compreensão e amor.
Se não der para fazer mais que isso, que possamos orar por todos. Orar pelo mundo que clama pela misericórdia de Deus.
Vamos refletir?
Abraços da amiga Janete

"Se olharmos ao nosso redor, veremos que existem vários irmãos que necessitam do nosso apoio. Uma palavra, uma presença amiga, a lembrança nas orações, o incentivo em seus projetos, um conselho especial, dar entusiasmo no desânimo, partilhar os momentos de dor, enfim, participar de sua vida como se fosse a nossa. Nem sempre o apoio material é o mais importante. Temos muito para dar e receber uns dos outros. O amor ao próximo é o melhor apoio e a doação de si é um tesouro que podemos partilhar com todos."

Apolônio Carvalho
"Amigos são anjos e os anjos são amigos
que manifestam a presença de Deus e diminuem
a distância entre a terra e o céu."
 (Jo 1,47-51)
Uma ótima semana para todos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

domingo, 6 de novembro de 2016

Max Colete em crochê


Delicado acessório para qualquer estação.


Uma graça de colete com franjas super delicadas, feito em crochê com fio EuroRoma branco.
Tamanho P/M - R$ 90,00
"Procuro uma alegria na mala vazia do fim do ano
e eis que tenho na mão - flor do cotidiano -
o voo de um pássaro e de uma canção."
Carlos Drummond de Andrade
 

sábado, 5 de novembro de 2016

Casaquinho de crochê com capuz


Gente, que coisa mais fofa!

 Casaquinho com capuz, feito com linha Anne nas cores
branco e azul.
Aberto na frente e com uma charmosa gaita na barra e nos punhos.
Para bebê de 0 a 2 meses - R$ 90,00 (Vendido)

"Ninguém tem maior amor do que este,
de dar alguém a sua vida
em favor dos seus amigos.
" (João 15:13)
 
 
 

...Notícias...