quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Chico Xavier - Última parte.

Olá meus amigos.
Estou encerrando as homenagens ao Chico Xavier e conforme prometi, durante este mês, falei um pouco sobre esse grande homem, que deixou muitos ensinamentos com a sua sabedoria, simplicidade, caridade, com um só mandamento; o de amar o próximo, e essa é a maior lição de vida que devemos aprender e compartilhar.

Sei que é muito difícil passar um pouco das histórias desses artistas da literatura, pois nem sempre é possível um resumo satisfatório, por serem tão extensas as histórias de suas vidas, mas às vezes é preciso ir um pouco além do costume e às vezes também, vem a vontade de não parar de escrever sobre eles. Mas esse espaço é para que os interessados em saber mais, possam se aprofundar nas pesquisas de cada escritor que os interessem.

A Polivalência de sua Obra Literária:
É bastante diversificada a obra literária do Chico, senão vejamos: o primeiro livro publicado foi "Parnaso de Além Túmulo", escrito por 56 poetas desencarnados, compreendendo brasileiros e portugueses. Foi recebido no período de 1931 a 1932. Na época, sua idade era de 21 anos. Com esta obra, Chico começa por onde a imensa maioria dos medianeiros psicógrafos principia.
Detém em sua produção Prosa e Verso, que nós, na mera condição de leitor, classificamo-la como sendo:
Reveladora, Identificadora, Mensagem, Romanesca, Histórico-Geográfico, Conto, Reportagem, Literatura Infantil, Literatura Jovem, Literatura Universitária, Literatura Humorística, Literatura Científica e Literatura Evangélica.

(Infelizmente não dá para explicar cada uma delas, mas é fácil pesquisar a sua obra completa).
Ressonância de sua Obra:
No cinema, no Teatro, na Televisão, no Rádio, no Judiciário, na Música, na Pintura.
Abrangendo Irmãos de Outras Terras
Na Assistência Social
Chico sela compromisso com o Espírito Emmanuel.
A data do início do mandato mediúnico do Chico é considerada 8 de julho de 1927, mas o reencontro com seu guia espiritual Emmanuel, deu-se nos fins de julho de 1931 (ver interessante diálogo que se estabeleceu entre os dois, conforme relata o livro "Chico Xavier Mandato de Amor", UEM,p.30-31)
Quem era Emmanuel
Jesus - Kardec - Emmanuel
Como é sabido, a interação Jesus-Kardec-Emmanuel é absolutamente harmônica. E desde aquele longínquo 31 de julho de 1931, Emmanuel já determinava:"- se algum dia eu conflitar com Jesus e Kardec, me abandone Chico".
Nesse clima de absoluta interação é que para comemorar centenários respectivos, da obra que compõe o "Pentateuco Luz", no dizer de Nenê Aluotto, temos:
- em 1959, surge o livro Religião dos Espíritos, em comemoração ao centenário do Livro dos Espíritos;
- em 1960, o livro Seara dos Médiuns, em comemoração ao centenário do Livro dos Médiuns.
- em 1961, o livro Justiça Divina, em comemoração ao centenário do livro Céu e Inferno;
- em 1964, o livro da Esperança, em comemoração ao centenário do Evangelho Segundo o Espiritismo.
Todos esses livros de autoria de Emmanuel. O Chico recebeu além desses, de espíritos diversos, o livro O Espírito da Verdade, ainda comemorativo ao centenário do Evangelho Segundo o Espiritismo.
Médium completo
Poder-se-á dizer que Chico foi um médium completo, tanto do ponto de vista moral quanto da técnica mediúnica.
O saudoso professor Herculano Pires o chamava de "homem-psi".
Elias Barbosa diz que dele poder-se-á dizer "do alto dos telhados", tratar-se do maior médium psicógrafo do mundo.
O culto e saudoso professor Rubens Romanelli, dizia com relação a Chico Xavier: "Trata-se de um dos maiores autodidatas que já conheci".
Rogamos a Jesus proteger e amparar o nosso sempre querido irmão Chico.

QUANTIDADE DE LIVROS EDITADOS PELA FEB (até janeiro de 2010):
- Livros de Allan Kardec: 10.400.600 exemplares;
- Livros psicográficos de Francisco Cândido Xavier: 17.881.800 exemplares ("Nosso Lar" é o mais editado: 1.782.000).

As décadas de 1980 e 1990.
Em 1980 já havia duas mil instituições de caridade fundadas, ajudadas ou mantidas graças aos direitos autorais dos seus livros psicografados ou a campanhas beneficentes promovidas por ele.
(Vale a pena saber mais sobre os trabalhos e as premiações de Chico Xavier, nessas décadas...)
Busto do médium na Praça Chico Xavier, em sua cidade natal, Pedro Leopoldo.
Foram muitas as homenagens rendidas ao Chico Xavier.
HOMENAGENS:
  •  Chico Xavier é o brasileiro que mais recebeu títulos de cidadão honorário na história. Mais de cem cidades brasileiras o concederam esse título.
  • Cantores como Roberto Carlos, Gilberto Gil, Fábio Júnior, Moacir Franco, Nando Cordel e Vanusa compuseram músicas em sua homenagem.
  • Em 1981 e 1982 Chico Xavier foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz, tendo havido uma mobilização de cerca de dois milhões de pessoas que deram suas assinaturas em todo Brasil e em organizações de 29 países pedindo o Nobel da Paz para ele.
  • Em 1999, o Governo de Minas Gerais instituiu a "Comenda da Paz Chico Xavier", que vem sendo outorgada anualmente a pessoas físicas ou jurídicas que trabalham pela paz e pelo bem estar social.
  • Em 2000, Chico Xavier foi eleito o "Mineiro do século XX", seguido por Santos Dumont e Juscelino Kubitschek, em um concurso popular realizado pela Rede Globo Minas, tendo vencido com 704.030 votos.
  • Após Chico Xavier falecer, a casa onde ele morou entre 1948 e 1959 e a casa em que ele morou entre 1959 e 2002 foram transformadas em museus sem fins lucrativos em referência a sua vida e obra.
  • Em 2006, em uma votação popular promovida pela Revista Época, ele foi eleito o "O Maior Brasileiro da História".
  • Em 2009, a Lei nº 12.065 deu o nome "Chico Xavier" ao trecho da rodovia BR 050, entre a divisa dos Estados de São Paulo e Minas Gerais e a divisa dos municípios de Uberaba com Uberlândia.
  • Em 2010, o Correio Brasileiro lançou o selo e o cartão postal comemorativo em homenagem ao centenário do médium.
  • Também em 2010, a Casa da Moeda do Brasil lançou a "Medalha Comemorativa do Centenário de Chico Xavier".
  • Em Outubro de 2012, no programa O Maior Brasileiro de Todos os Tempos, transmitido pelo SBT, Chico foi eleito, por voto popular, como "O maior brasileiro de todos os tempos". Na semifinal do programa, disputou com Ayrton Senna, venceu com 63,8% dos votos. Na final do programa, Chico disputou com Santos Dumont e Princesa Isabel, vencendo com 71,4% dos votos.
  • Atualmente o Instituto Chico Xavier e a Prefeitura de Uberaba estão construindo um Memorial em homenagem a ele na cidade.
FALECIMENTO:
O médium morreu aos 92 anos de idade, em decorrência de parada cardiorrespiratória, no dia 30 de junho do ano de 2002. Conforme relatos de amigos e parentes próximos, Chico dizia que iria "desencarnar" em um dia em que os brasileiros estivessem muito felizes e em que o país estivesse em festa, para assim o desencarne dele não causar tristeza. O país festejava a conquista da Copa do Mundo de Futebol daquele ano, no dia de seu falecimento (Chico morreu cerca de nove horas depois da partida Brasil x Alemanha).

                                                                  FRASES:
                                           
"Não há problema que não possa ser solucionado pela paciência".

"Ambiente limpo não é o que mais se limpa e sim o que menos suja".

"Você nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres ajudando aos outros
encontrarás os recursos de que precise".

"Eu permito a todos serem como quiserem, e a mim
como devo ser".

"A desilusão é a visita da verdade".

"A felicidade não entra em portas trancadas".

"Que eu não perca a vontade de doar este enorme amor que existe em meu coração,
mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido a provas e até rejeitado".

"Nós seres humanos, estamos na
natureza para auxiliar o progresso
dos animais, na mesma proporção
que os anjos estão para nos auxiliar.
Portanto quem chuta ou maltrata um
animal é alguém que não aprendeu a amar".

"Lembremo-nos de que o homem interior se renova sempre. A luta enriquece-o de
experiência, a dor aprimora-lhe as emoções e o sacrifício tempera-lhe o caráter.
O Espírito encarnado sofre constantes transformações por fora, a fim de acrisolar-se e
engrandecer-se por dentro".

"Tudo que criamos para nós,
de que não temos necessidade,
se transforma em angústia, em depressão..."

"O amor não prende, liberta! Ame porque isso faz bem a você, não por esperar algo em troca.
Criar expectativas demais pode gerar decepções. Quem ama de verdade, sem apego, sem cobranças, conquista o carinho verdadeiro das pessoas".

"Ninguém quer saber o que fomos, o que possuíamos, que cargo ocupávamos no mundo;
o que conta é a luz que cada um já tenha conseguido fazer brilhar em si mesmo".

"Nenhuma atividade no bem é insignificante... As mais altas árvores são oriundas
de minúsculas sementes.".

"Ama sempre, fazendo pelos outros o melhor que possas realizar.
Age auxiliando.
Serve sem apego.
E assim vencerás".

"Se o momento é de crise, não te perturbes, segue...
Serve e ora, esperando que suceda o melhor.
Queixas, gritos e mágoas são golpes em ti mesmo.
Silencia e abençoa, a verdade tem voz".

"A sabedoria superior tolera, a inferior julga; a superior perdoa, a inferior condena. Tem
coisas que o coração só fala para quem sabe escutar!"

"Valoriza os amigos. Respeita os adversários."

"- Tudo tem seu apogeu e seu declínio...
É natural que seja assim, todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o
nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!...
Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço!"

"Na vida, não vale tanto o
que temos, nem tanto importa o que somos.
Vale o que realizamos com aquilo que
possuímos e, acima de tudo,
importa o que fazemos de nós!"

"Que eu não perca a beleza e a alegria de ver, mesmo sabendo que muitas lágrimas
brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma."

"A questão mais aflitiva para o espírito no Além
é a consciência do tempo perdido."

"Se as críticas dirigidas a você são verdadeiras, não reclame; se não são,
não ligue para elas."

"Ninguém pode começar de novo, mas qualquer um pode fazer um novo fim."

"Perdoa agora, hoje e amanhã, incondicionalmente. Recorda que todas as criaturas
trazem consigo as imperfeições e fraquezas que lhe são peculiares, tanto quanto, ainda desajustados, trazemos também as nossas."

"Gostaria de dizer para você que viva como quem sabe que vai morrer um dia, e que
morra como quem soube viver direito."

"Se Allan Kardec tivesse escrito que 'fora do Espiritismo não há salvação', eu teria ido por outro caminho. Graças a Deus ele escreveu 'Fora da Caridade', ou seja, fora do Amor não há salvação'."
"Em minhas preces de todo dia, sempre peço coragem e paciência. Coragem para continuar superando as dificuldades do caminho daqueles que não me compreendem. E paciência, para não
me entregar ao desânimo diante das minhas fraquezas!..."

"Lembra-te sempre: Cada dia nasce de novo amanhecer".

"Deixe algum sinal de alegria por onde passes."

"Nem Jesus Cristo, quando veio à terra, se propôs resolver o problema particular de alguém.
Ele se limitou a nos ensinar o caminho, que necessitamos palmilhar por nós mesmos."

"Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de
alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois...
A vida é construída nos sonhos e concretizada no amor".

"Isso também passa."
Chico Xavier



E assim, encerro essa justa homenagem ao grande homem Chico Xavier. Quanta sabedoria! Valeu a pena essa breve pesquisa, mas tenho certeza que será uma longa reflexão na vida de todos que leram essas frases de força para seguir em frente com a cabeça erguida, com amor, com esperança e muita fé.
Vale a pena continuar a pesquisa...
Eu os aguardo na próxima semana com mais uma homenagem aos nossos escritores brasileiros.
Abraços da amiga Janete.


terça-feira, 24 de setembro de 2013

Curiosidades - Vitória, capital capixaba

 Vamos continuar conhecendo algumas curiosidades do Espírito Santo, conhecendo mais um pouco sobre a sua capital. 

Com 105 Km de praias, parques e um rico patrimônio histórico Vitória, a capital capixaba, é o centro econômico do Estado do Espírito Santo.
O estado do Espírito Santo é um dos mais bonitos do Brasil e dispõe de possibilidades de lazer tanto nas praias, quanto nas serras, onde o clima é bem mais frio. É um estado pequeno, ocupa uma área de 46.077,519 Km².
Uma das curiosidades, é que a capital do estado, Vitória, não é a maior cidade do estado. A maior cidade é Vila Velha.

O estado possui um convento chamado convento da Penha, que fica no alto de um morro, que possui uma história interessante. O padre que morava numa ermida nos pés do morro tinha um quadro de Nossa Senhora da Penha que desaparecia e era encontrado no alto do morro, sucessivas vezes. Cansado disso o padre resolveu transferir a igreja para o alto do morro, no local onde o quadro reaparecia. No início da construção apareceu uma fonte de água no local que foi fundamental para os trabalhos de construção. Logo após o fim da obra a fonte secou.


Vocês sabiam?

O nome da capital, Vitória, deve-se à sua localização estratégica, contra os constantes ataques dos índios da região.
Localizada na Cidade Alta, a Catedral Metropolitana de Vitória (ES) tem estilo neogótico e vitrais com passagens bíblicas.

Última flor do Lácio, inculta e bela,

(...) Ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela...

Olavo Bilac

domingo, 22 de setembro de 2013

A VOLTA DA PRIMAVERA

Olá, meus amigos.

Agora, com um novo visual, chegou a hora de oferecer a vocês esses versos que escrevi a algum tempo, desejando muita saúde, cores e amores, com os votos de boas vindas a essa querida Estação.

Podemos voltar a sorrir
A primavera chegou
Podemos alimentar nossos sonhos
E esperar pela realização dos mesmos

Sim, a renovação da natureza,
É como o nascer de um novo dia
O nascer do sol, sabendo que à noite,
Teremos um lindo céu estrelado
Iluminando cada coração sonhador e apaixonado...

Podemos até criar novas imaginações
Podemos admirar novamente as flores
Flores, que são lindas em todas as estações.
Mas Têm seu charme e sua beleza reservados
Para essa época tão especial, criada para cada uma das espécies que desabrocham com maior intensidade...

Primavera são flores
Flores..., a juventude que perfuma os sonhos,
Da natureza e sua virtude...
Primavera é a alegria de novos sonhos, nova magia;
É a inspiração para se cantar, alegrar...
É viver com o olhar mais brilhante,
No aconchego de cada lar, cuidando de cada flor;
Que inspira cada ser, sem nem saber por que, a sorrir e a cantar...

Temos uma razão muito especial para tanta comemoração,
Temos a certeza de que jamais seremos esquecidos...
Ontem sentimos o frio de outra estação, com o céu tão nublado como o coração frio, sombrio e calado...
Hoje Deus nos oferece a beleza e a alegria de viver
Com a grande recompensa de começar de novo, a velha e nova fase de mais uma estação em nossas vidas.
Precisamos, sim, de um inverno intenso e incômodo para aumentar mais a ansiedade de almejarmos pela próxima estação. A primavera das flores e o calor do verão...
Que Deus, nosso Senhor Jesus Cristo possa nos abençoar em todas as estações de todos os tempos de nossas vidas, assim como são abençoadas as maravilhosas estações do ano, pois todas têm o seu brilho, mesmo que surja uma tempestade, um céu nublado, um sol já esquecido e enfraquecido, as folhas das árvores caídas, e a expectativa da chegada de novas alegrias, das frutas, das flores e do sol em nossas vidas.

                Abraços da amiga Janete

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Chico Xavier - 3ª parte

"A sua irritação não solucionará problema algum...
As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas...
Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.
O seu mau humor não modifica a vida...
A sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus...
A sua tristeza não iluminará os caminhos...
O seu desânimo não edificará ninguém...
As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua
própria felicidade...
As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só
grama de simpatia por você...
Não estrague o seu dia.
Aprenda a sabedoria divina,
A desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre...
Para o infinito bem!
Chico Xavier
As primeiras obras
Em 1931, em Pedro Leopoldo, iniciou a psicografia da obra Parnaso de Além-Túmulo.
Esse ano, que marca a "maioridade" do médium, é o ano do encontro com seu mentor espiritual Emmanuel, "...à sombra de uma árvore, na beira de uma represa..." (SOUTO MAIOR, 1995:31). O mentor informa-o sobre a sua missão de psicografar uma série de trinta livros e explica-lhe que isso são lhe exigidas três condições: "disciplina, disciplina e disciplina".
Severo e exigente, o mentor instruiu-o a manter-se fiel a Jesus e a Kardec, mesmo na eventualidade de conflito com a sua orientação. Mais tarde, o médium conheceu que Emmanuel havia sido o senador romano Publius Lentulus, posteriormente renascido como escravo e simpatizante do cristianismo e que, em reencarnação posterior, teria sido o padre jesuíta Manuel da Nóbrega, ligado à evangelização do Brasil.
Em 1932, foi publicado o Parnaso de Além-Túmulo pela Federação Espírita Brasileira (FEB). A obra, coletânea de poesias ditadas por espíritos de poetas brasileiros e portugueses, obteve grande repercussão junto à imprensa e à opinião pública brasileira e causou espécie entre entre os literatos brasileiros, cujas opiniões se dividiram entre o reconhecimento e a acusação de pastiche. O impacto era aumentado ao se saber que a obra tinha sido escrita por um "modesto escriturário" de armazém do interior de Minas Gerais, que mal completara o primário. Conta-se que o espírito de sua mãe aconselhou-o a não responder os críticos.
Os direitos autorais das suas obras são concedidos à instituições de caridade. Nesse período, inicia a sua relação com Manuel Quintão e Wantuil de Freitas. Ainda nesse período, descobriu ser portador de uma catarata ocular, problema que o acompanhou pelo resto da vida. Os espíritos seus mentores, Emmanuel e Bezerra de Menezes, orientam-no para tratar-se com os recursos da medicina humana e não contar com quaisquer privilégios dos espíritos.
Continuou com o seu emprego de escrevente-datilógrafo na Fazenda Modelo da Inspetoria Regional do Serviço de Fomento da Produção Animal, iniciado em 1935 e a exercer as funções no Centro Espírita Luis Gonzaga, atendendo aos necessitados com receitas, conselhos e psicografando as obras do Além. O administrador da fazenda era o engenheiro agrônomo Rômulo Joviano, também espírita, que além de conseguir o emprego para Chico, o ajudava a ter a paz necessária para os trabalhos de psicografia, além de acompanhar as sessões do Centro Luiz Gonzaga, do qual se tornaria presidente. Foi justamente no período em que psicografava nos porões da casa de Joviano que foi escrita uma de suas maiores obras, intitulada Paulo e Estevão. Paralelamente, iniciou uma longa série de recusas de presentes e distinções, que perdurará por toda a vida, como por exemplo a de Fred Figner, que lhe legou vultosa soma em testamento, repassada pelo médium à FEB para uso caridativo.
Com a notoriedade, prosseguiram as críticas de pessoas que tentavam desacreditá-lo. 
Além dessas pessoas, Chico Xavier ainda dizia que inimigos espirituais buscavam atingi-lo com fluídos negativos e tentações. Souto Maior relata uma tentativa de "linchamento pelos espíritos", bem como um episódio em que jovens nuas tentam o médium em sua banheira. Observe-se que ambos os episódios contêm aspectos narrativos comuns à chamada "prova", comum em histórias de santidade.

Bem, meus amigos. Na próxima semana, encerraremos as homenagens a Chico Xavier, citando a polivalência de sua Obra Literária.
Abraços da amiga Janete
"Quem é perseguido, muitas vezes ainda consegue ir adiante,
principalmente se estiver sendo perseguido de maneira injusta, mas
quem persegue não sai do lugar."
Chico Xavier




terça-feira, 17 de setembro de 2013

Curiosidades - Bandeira do ES


Olá, meus queridos amigos.
Dando sequência a essa nova categoria, às terças-feiras apresentarei uma curiosidade do Espírito Santo, ou alguma curiosidade rural para vocês,e hoje, vamos saber um pouco sobre a bandeira do Espírito Santo.
A bandeira do Espírito Santo
História e significado
A bandeira do estado do Espírito Santo foi criada em 07 de setembro de 1909 pelo advogado e político Jerônimo de Souza Monteiro. A bandeira é composta por três faixas horizontais nas cores azul, branca e rosa. Estas cores simbolizam a roupa de Nossa Senhora da Vitória, santa padroeira do estado do Espírito Santo.
Na faixa branca (centro) há a frase "Trabalha e Confia" na cor azul. De autoria do criador da bandeira, esta frase foi inspirada na doutrina de Santo Inácio de Loyola.

A regulamentação da bandeira ocorreu em 24 de julho de 1947, durante o mandato do governador Carlos Fernando Monteiro Lindemberg.
"Do trabalho de tuas mãos comerás, tranquilo e feliz."
(Salmo 127)

sábado, 14 de setembro de 2013

Moda Primavera/Verão 2013

Olá, meus queridos amigos.
Está terminando a estação mais fria do ano, dando sequência à tão esperada estação das flores, das cores, dando espaço para o verão, caminhado de “mãos” dadas, na expectativa de muito sol, muita alegria, descontração, festas, carnaval, férias, enfim, quantas expectativas para essas novas estações que são a primavera e o verão e consequentemente... 
“com que roupa eu vou?”
Para não perder o costume, pesquisei algumas dicas de moda para vocês, baseadas no São Paulo Fashion Week /2013 - SPFW.
São muitas as tendências e isso é bom, afinal, cada um tem o seu estilo e a moda tem estilo para todos. Escolha o seu e receba de braços abertos essas  novas estações.

Abraços da amiga Janete.
Tendências da moda:
Primavera/Verão 2013
A primavera mal começou e os termômetros já estão em elevação na maior parte do país. Mais uma vez, chega a hora de readequar seu guarda-roupa ao clima quente que se anuncia. Mesmo quem não é muito fã do calor se anima para ver o que vai ser moda nas ruas nos próximos meses. Para te dar uma forcinha, separamos algumas tendências que apareceram durante o evento de moda mais badalado no país, o São Paulo Fashion Week/Verão 2013. Os estilistas puseram nas passarelas um mix de materiais, formas, estampas e cores que promete agradar todos os tipos e gostos. Confira:
Transparência:
Vitorino Campos, Uma, Tufi Duek, Têca, Samuel Cirmansck

A transparência, que já surgiu com força no verão do ano passado e resistiu ao clima frio do inverno, continua em alta. Foi a tendência mais forte do São Paulo Fashion Week/Verão 2013, aparecendo em praticamente todas as coleções que desfilaram. Com o calorão que vem fazendo no Brasil, a moda vem a calhar. Ela aparece em tules, tecidos leves e fluidos, vazados e telados.
Brilho:
 Fause Haten, Glória Coelho, Iódice, Jefferson Kulig, Juliana Jabour
Lino Villaventura, Neon, Osklen, Samuel Cirnasck, Uma.
 Assim como aconteceu com a transparência, o brilho atravessou o inverno e deve continuar com força nesta e na próxima estação. Você pode usá-lo em peças inteiras, em detalhes da roupa ou em acessórios. O efeito espelhado, specchi, peças em lurex e paetês estão com tudo e você pode usar sem medo, até mesmo durante o dia, desde que use o bom senso.
Estampas
Os tecidos estampados também prometem marcar presença nos meses que virão, alegrando as ruas e praias brasileiras. As estampas com motivos da natureza, como flores, frutas, bichos, paisagens e folhas foram apostas de vários estilistas.
Fause Haten, Fórum, Movimento, Neon, Osklen.
Ronaldo Fraga, Ronaldo Fraga, Têca, Triton, Amapô.
Estampas grandes, fortes, chamativas, com referências artísticas, abstratas e geométricas também merecem lugar no seu guarda-roupa na próxima estação.

 Fernanda Yamamoto, Fórum, Alexandre Herchcovitch, Iódice, Triton.
Água de Coco, Amapô, André Lima, Glória Coelho, Colcci.
Tom Pastel
O romantismo dos tons pastel, ou candy colors, foi marcante nas passarelas do São Paulo Fashion Week e deve ser tendência no verão. As cores podem ser usadas em looks monocromáticos, pode-se mixar o pastel com o próprio pastel ou incrementar a composição com cores mais fortes, como as cítricas, ou até mesmo preto.


Neon, Osklen, Paula Raia, Reinaldo Lourenço, Têca.

Fórum, Iódice, Jefferson Kulig, Juliana Jabour, Lino Villaventura.
Cores Cítricas
Se você é um pouco mais ousada, pode ficar tranquila, pois nem só de pastéis viverão os looks da próxima estação. As cores fortes continuam com seu espaço garantido, especialmente as cítricas.
Iódice, Reinaldo Lourenço, Triton, Tufi Duek, Tufi Duek
Colcci, Fórum, Alexandre Herchovitch, Alexandre Herchcovitch, Lino Villaventura.
Tudo Azul
O azul foi o xodó das coleções primavera/verão 2013. A cor, que já foi tendência no verão do hemisfério norte, também deve invadir as ruas tupiniquins. Na semana da moda de São Paulo, vários estilistas apostaram nela.
Destaque para o azul Klein ou azul bic.
Triton, Reinaldo Lourenço, Fernanda Yamamoto, Juliana Jabour, Ellus.
Sportwear
O estilo esportivo deixou de ser restrito às academias, quadras e afins e passou a ganhar espaço nas passarelas e ruas, em versões mais sofisticadas. O nylon, o plástico e o emborrachado apareceram em várias coleções da SPFW, assim como agasalhos, calças larguinhas e shorts, em versões com brilho, estampas e caimentos especiais, que prometem cair no gosto das fashinistas de plantão.
Osklen, Animale, Cavallera, Reinaldo Lourenço, Juliana Jabour.
Mullet
Lembra do corte de cabelo usado nos anos 80 que eera curto na frente e longo atrás? Pois é, a moda dos mullets voltou, mas dessa vez adaptada para as roupas. Saias, casacos e vestidos no estilo mullet prometem ser a sensação do verão, assim como outros tipos
André Lima, Cavallera, Colcci, Jefferson Kulig, Osklen.
Peplum 
Outra tendência para o verão 2013 é o peplum. E o que vem a ser o peplum, você pode estar se perguntando... Nada mais é do que um babadinho que pode vir acoplado à saia, à blusa, ao cinto. O efeito é um visual super feminino, e as mulheres mais românticas agradecem.

Colcci, Ellus, Ellus, Jeferson Kulig, Colcci.
Colete
O colete, que tem sua origem no guarda-roupa masculino, ganha formas modernas, sofisticadas e femininas e é a peça-chave da estação. Em diferentes modelos, cores e estilos, desfilaram em várias coleções na semana da moda de São Paulo. Eles incrementam o visual e dão um charme a mais para a composição. Vale apostar!
Animale, Tufi Duek, Triton, Jefferson Kulig, Juliana Jabour.
Top Cropped
A moda da barriguinha de fora está de volta, mas sempre acompanhada por saias, calças e shorts de cintura alta, que deixam o visual mais elegante, pois a proposta é deixar apenas uma pequena faixa de pele à mostra. O top cropped, ou micro blusa, deve ter espaço garantido nas lojas e ruas durante a estação mais quente do ano.
Adriana Degreas, Colcci, Ellus, Neon, Osklen.
As tendências servem como inspiração, para vermos o que mais se adapta ao nosso estilo e descartarmos o que não combina com nossa personalidade. O que vale é se sentir bem e aproveitar as estações com o que elas têm de melhor.
Esperamos que vocês tenham gostado das dicas! Quem quiser ver todos os modelos das coleções, poderá conferir no site: SPFW Verão 2013
Pois é, minhas amigas. Como falei; cada um tem o seu estilo e a moda tem estilo para todas.
Então, aproveitem bem essas dicas e criem um estilo bem legal que combina com o seu.
Abraços e até a próxima.
"...Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira..."
Ferreira Gullar



quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Chico Xavier - 2ª parte

"A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...
TUDO BEM!
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum...
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
Chico Xavier
Francisco Cândido Xavier, conhecido como Chico Xavier, nasceu em Pedro Leopoldo, interior de Minas Gerais, no dia 2 de abril de 1910. Foi um dos mais conhecidos espíritas do Brasil.
Foi educado na fé católica, mas teve seu primeiro contato com a Doutrina Espírita em 1927, altura em que começou a desenvolver sua mediunidade.
Escreveu mais de quatrocentos livros, mas nunca admitiu ser o autor de nenhuma obra. Pois insistia reproduzir apenas o que os espíritos ditavam. Nunca aceitou dinheiro lucrado com a venda de seus livros, doando os direitos autorais para Federação Espírita.
Parnaso de Além-Túmulo, o seu primeiro livro com 256 poemas atribuídos a poetas mortos, foi publicado pela primeira vez em 1932.
A partir dos anos 70 passou a ajudar pessoas necessitadas com o dinheiro que arrecadou com a venda dos livros. O seu nome foi muito conhecido no Brasil, por sua humanidade e assistência ao próximo.
                                                    Centro Espírita Luiz Gonzaga (2008)
Em 1927, então com dezessete anos de idade, Francisco perdeu a madrasta Cidália e se viu diante da insanidade de uma irmã, que descobriu ser causada por um processo de obsessão espiritual. Por orientação de um amigo, Francisco iniciou-se no estudo do Espiritismo. Logo deixou de ser católico e se tornou espírita convicto.
No mês de maio desse mesmo ano, recebeu nova mensagem de sua mãe, na qual lhe era recomendado o estudo das obras de Allan Kardec e o cumprimento de seus deveres. Em junho, ajudou a fundar o Centro Espírita Luiz Gonzaga, em um simples barracão de madeira de propriedade de seu irmão. Em julho, por orientação dos espíritos benfeitores, iniciou-se na prática da psicografia, escrevendo dezessete páginas. Nos quatro anos subsequentes, aperfeiçoou essa capacidade embora, como relata em nota no livro Parnaso de Além-Túmulo, ela somente tenha ganho maior clareza em finais de 1931.
Desse modo, pela sua mediunidade começaram a manifestar-se diversos poetas falecidos, somente identificados a partir de 1931. Em 1928, começou a publicar as suas primeiras mensagens psicografadas nos periódicos O Jornal, do Rio de Janeiro, e Almanaque de Notícias, de Portugal.

SE EU MORRER ANTES DE VOCÊ
Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:
Chore o quanto quiser, mas não brigue comigo.
Se não quiser chorar, não chore;
Se não conseguir chorar, não se preocupe;
Se tiver vontade de rir, ria;
Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão;
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
Se me criticarem demais, defenda-me;
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo,
mas estava longe de ser o santo que me pintam;
Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio,
mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo...
E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase:
-"Foi meu amigo, acreditou em mim e sempre me quis por perto!"
Aí, então derrame uma lágrima.
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal.
Outros amigos farão isso no meu lugar.
Gostaria de dizer para você que viva com quem sabe que vai morrer um dia, e que
morra como quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui
mesmo o seu começo.
Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu.
"Ser seu amigo, já é um pedaço dele..."
Chico Xavier

"Agradeço todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar. As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito."
Chico Xavier
"Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã.
(Psicografia de Francisco C. Xavier. Livro: Indicações Do Caminho)
Chico Xavier
OLÁ, MEUS QUERIDOS LEITORES.
HOJE, CONHECEMOS UM POUQUINHO MAIS DESSE HOMEM MAGNÍFICO, MAS AS HOMENAGENS SOBRE  CHICO XAVIER, CONTINUARÃO NA PRÓXIMA SEMANA.
ABRAÇOS DA AMIGA JANETE


terça-feira, 10 de setembro de 2013

A beleza arquitetônica do Palácio Anchieta

Olá, meus queridos amigos.
Como falei anteriormente, em homenagem ao 3º aniversário do nosso “Blog da Amizade” janetenaweb, estou iniciando hoje a nova categoria “curiosidades sobre o estado do Espírito Santo”, assim como curiosidades rurais e outras que eu achar interessante, mas especialmente sobre o Espírito Santo, pois é o lugar em que vivo há 38 anos e aprendi ao longo desses anos, amar, admirar e respeitar essa terra que me recebeu de braços abertos; o lugar onde eu aprendi a entender melhor as pessoas e a crescer como ser humano e como cidadã; aqui onde eu construí a minha família, onde trabalhei e me aposentei e que fez com que eu sentisse orgulho em ser Campista e Capixaba e para descontrair, sempre digo que sou “Campixaba”.
Essa terra de lindos litorais com o maravilhoso contraste das cidades serranas; o lugar que se identifica muito comigo, com o seu jeito simples de ser, combinando com o meu jeito simples de ser e de viver. Lugar de lindas paisagens, de um por do sol sem igual, colorindo o céu em combinação com as cores da sua bandeira.
Sou feliz por ter sido enviada por Deus para este Estado do Espírito Santo, e que no alto do Convento da Penha, recebi a graça de permanecer aqui, com a benção de Nossa Senhora.
Agradeço a Deus por ter escolhido esse lugar para que eu pudesse sentir-me como se eu realmente estivesse em minha cidade, no Estado em que eu nasci. Campos, Rio de Janeiro.
E para começar com as curiosidades, vou falar um pouco sobre a curiosa história do Palácio Anchieta, em homenagem aos 462 anos de Vitória, comemorado no domingo, 08 de setembro.
Para quem quer conhecer a história do Espírito Santo, basta andar pelos corredores do Palácio Anchieta, sede do poder executivo do Estado localizado na Cidade Alta, em frente à baía de Vitória. Datado do XVI, o prédio foi construído por padres jesuítas e abrigou o Colégio São Tiago. A partir de 1798, passou a ser uma das mais antigas sedes de governo do país.
Durante todos esses anos, o conjunto arquitetônico passou por diversas reformas para restauração da estrutura original. A obra garantiu a continuidade e preservação da cultura do estado e seus valores simbólicos. No térreo e no primeiro pavimento, há diversas salas dedicadas à história do prédio e à trajetória capixaba. No segundo andar, estão localizados o gabinete do governador, o Salão Nobre, o Salão Negro, o Salão Dourado, o Salão do Piano e o Salão São Tiago, totalizando aproximadamente dois mil metros quadrados.
O visitante também poderá conhecer obras de grandes artistas, como as telas de Levino Fanzeres, Homero Massena, Celina Rodrigues e George Grim. O local conta ainda com biblioteca virtual, auditório com capacidade para 58 pessoas e o túmulo simbólico do padre José de Anchieta.
Uma curiosidade que chama a atenção é que, durante as obras de restauração do edifício, os trabalhadores encontraram diversos corpos no terreno, provavelmente de fidalgos. As prospecções arqueológicas encontraram ainda vestígios de uma antiga igreja. Segundo especialistas, trata-se do esgrafito, uma técnica de afresco de origem árabe disseminada na Europa a partir do século XIV.
 Tags: Palácio Anchieta.
Mais de quatro séculos em uma só visita.
"O tempo que passa é o mesmo que fica na memória, no resgate de épocas, pessoas e acontecimentos. Testemunha da história do Espírito Santo, o Palácio Anchieta abre suas portas para uma viagem através dos séculos."
Salão Dourado - Palácio Anchieta
Detalhe de mesa e lustre do Salão Dourado

Salão Negro

Essa foi mais uma curiosidade do Espírito Santo para vocês.
Abraços da amiga Janete

domingo, 8 de setembro de 2013

Nova estação - Novo visual

Boa noite, meus queridos amigos.
Como vocês podem perceber, resolvi mudar o “plano de fundo” do blog com certa antecedência, já que a primavera se aproxima e como prometi, a cada mudança de estação, teremos um novo visual.
Vou ficar uns dias “fora do ar”, pois vou viajar, mas vocês não ficarão “na mão”, pois o “Cantinho da Literatura” continua às quintas-feiras até o final do mês com as homenagens ao grande Chico Xavier, e às terças-feiras, com as curiosidades do Espírito Santo, e poderão dar uma “espiadinha” em Moda e Beleza, pois terão umas dicas para as tendências da moda primavera-verão 2013.
Espero que apreciem o novo visual, que está saudando a chegada dessa estação maravilhosa, que chega trazendo cores com as diversas flores e árvores que também se antecipam ao novo tempo que se aproxima.
Tempo de renovar as esperanças; de observar as manhãs frescas e coloridas, com os cantos dos pássaros e a beleza das paisagens sombreadas com o nascer do sol iluminando os sonhos de todos que acreditam que a vida se renova a cada estação e que os sonhos são possíveis de se realizar.
Hoje ouvi o canto de uns pássaros e da minha janela, eu os fotografei para presentear a cada um de vocês, para que entendam que eles também já estão anunciando a chegada da primavera.

Do meu quintal, o Ipê amarelo também amanheceu florido e é mais um presente para vocês.

Vamos nos alegrar apreciando melhor a natureza; esse presente que recebemos do Criador.
Uma ótima semana, com saúde, alegria, paz e muito amor à natureza.
Abraços da amiga Janete
"Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças."
(Charles Darwin)

...Notícias...