segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Perdoar, converter-se e amar sempre...

Olá meus queridos amigos.
Como sempre falamos sobre o amor e o perdão, começaremos essa semana em que estamos na Quaresma, refletindo mais uma vez sobre esses sentimentos para entender que são imprescindíveis para seguirmos nessa vida com mais tranquilidade e perceber que estão caminhando lado a lado em nosso cotidiano e que precisamos amar para perdoar e perdoando, estaremos libertos de mágoas e ressentimentos, e que por mais difícil que às vezes parece, o resultado será sem dúvida, positivo, reconhecendo que não somos perfeitos, mas que podemos contribuir para nos aproximar da perfeição...


A quem tiver sede, eu darei, de graça, da fonte da água vivificante. (Ap 21.6)
 
"Jesus não lhe dá uma determinada quantidade de água, que você depois deve buscar a cada dia.
A água viva torna-se "fonte", ou seja, "força" que age em seu íntimo, que dá uma vitalidade nova, que
penetra em todo o seu ser e que, através de você, age também nos outros."
(Palavra de Vida) - Fazenda da Esperança.

PERDOAR.
"O perdão é um presente de Deus que só funciona em nós à medida que o doamos ao outro.
O que nos impede de perdoar? Normalmente é a dificuldade em entregar a Deus, lançando fora de nós as dores do passado. É um círculo de morte. Não perdoamos porque guardamos e enquanto guardamos não perdoamos.
Assim, acumulamos sentimentos negativos e bloqueamos os belos dons que possuímos.
O perdão nos liberta e ajuda a construir relacionamentos verdadeiros.
Que tal sermos livres e felizes?"
Mt. 6 7-15

CONVERTER-SE:

"Para mudar de vida é preciso reconhecer as próprias falhas, abandonar as atitudes negativas, entregar as dores do passado e os próprios pecados.
Depois, é preciso fazer o bem de modo concreto.
"Conversão" é recomeçar segundo o caminho do bem. Ser alguém melhor fazendo o bem."
(Lc 11.29-32)
Vamos refletir?
Uma abençoada semana com o perdão e a misericórdia de Jesus.
Abraços da amiga Janete
 

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Manter a unidade - Fazenda da Esperança

Olá, meus queridos amigos.
Vamos começar bem a semana?
Na simplicidade e união, é possível conciliar os problemas e preocupações, quando temos a segurança de que realmente não estamos sós, mas com pessoas ao nosso lado que nos empurram para que não desanimemos, e isso também se chama caridade; a caridade de um olhar amigo, de um gesto de solidariedade, e sabemos que construímos uma irmandade ao longo de nossas vidas, e que às vezes se espalha por muitas estradas, pois a vida segue e afasta dos olhos as pessoas que tivemos o privilégio de conhecer e ter por perto; mas que a distância não é capaz de dissolver um sentimento de amizade que será para sempre unificado em nossos corações e sabemos que jamais romperemos com os laços tão bem amarrados pelas Mãos de quem provocou essa unidade entre os irmãos - As Mãos do Senhor.


Manter a unidade

“Quando a unidade com os irmãos fica difícil, é preciso jamais romper, mas dobrar-se, até que o amor faça o milagre de um só coração e de uma só alma. É melhor o menos perfeito, mas na unidade com os irmãos, do que o mais perfeito, mas em desunião com eles; pois a perfeição não está nas ideias ou na sabedoria, mas na caridade.”

Chiara Lubich

(Jamais Romper Ideal e Luz p.151)

Mc 3.20-21
Que possamos nos manter em união com os amigos mais próximos, assim como os grandes amigos distantes dos olhos, mas sempre presentes nas nossas melhores lembranças e em nossos corações.
Uma abençoada semana para todos.
Abraços da amiga Janete
 

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Blusa de crochê

 
Com pontos diferenciados, essa delicada blusa de crochê com linha Cléa branca - tamanho G - R$150,00






quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Pedaços de mim - Valdecy Bragança

Olá meus queridos amigos.
Como já sabem, estou relembrando os escritores brasileiros homenageados no nosso "Cantinho da Literatura", com algumas de suas poesias, crônicas, textos, enfim, algumas de suas obras, lembrando que todos estão nesse espaço e querendo, podem rever as matérias, buscando no campo de pesquisas, pelos nomes desses incríveis poetas que tive a honra de homenagear.
Hoje, é a vez de presenteá-los com uma poesia de Valdecy Silveira de Bragança, uma escritora muito romântica e que nos inspira com o seu jeito ímpar de ver e viver a vida sempre com muita alegria e uma autoestima invejável, pois além de escrever, gosta muito de dançar e declamar suas próprias poesias.
Em janeiro de 2016, foi a primeira homenagem, com "Olhar Cruciante"; em fevereiro de 2016 com "Você", em maio com dois poemas: "Essencial" e "Vivendo" e em novembro de 2016 com "Devolva-me".
 
PEDAÇOSDE MIM
Porque espalhei tantos pedaços assim...
Pedaços de mim... foram tantos
Que esqueci onde recolher
Pedaços tão bem divididos
E tantos outros sofridos
Pedaços fragmentados
Mas foram pedaços de mim...
Hoje relembrando quero levar comigo,
Todos pedaços sim...
Recolher cada pedaço, renovar e reconstruir
Aqueles que faltam em mim...
(Foi a poesia do Sarau de 2017)
Valdecy
Lembrando que também em 2016, no mês de setembro teve um lindo Sarau da Val, que pode ser revisto no link do "CCJC - Centro de Convivência".
 

Na próxima semana estarei novamente com vocês, lembrando dos nossos homenageados do "Cantinho da Literatura".
Abraços da amiga Janete.


 
 

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Estende a Mão - Fazenda da Esperança


Olá meus queridos amigos.
Hoje, apenas uma simples mas valiosa reflexão para começarmos bem a semana.
Caridade, doação e amor; nossos temas preferidos e mais importantes para fazermos desse mundo uma grande campanha com pequenos gestos, porém com grandes resultados, espalhando esperança e alegria para quem entende que pouco é muito mais do que imaginamos.
 
Estende a mão

“Existem pessoas que cuidam do próprio físico, mas são incapazes de amar. Outros, mesmo com limites físicos, procuram fazer o bem. Conhecemos um padre missionário que, em uma cadeira de rodas, se doa resgatando a vida de jovens que estavam nas drogas. Conhecemos homens e mulheres, portadores de HIV, que em nossa Casa Sol Nascente dão testemunho de amor e acolhida a todos que chegam. E, se a saúde nos limita, podemos orar e tratar bem as pessoas. Quem ama estende mais que a mão. Estende o coração.”
Superar-se fazendo o bem.
Mc.3.1-6
 
O homem vê as aparências, O Senhor olha o coração.

Viver de aparências é viver de ilusão. Por causa da aparência, gastamos o que não temos com coisas de que não precisamos, mentimos, nos humilhamos, nos tornamos superficiais e representamos personagens. A “aparência” esconde dores da alma. Quem, como Davi, ousa se apresentar em sua pequenez e fraqueza, descobre em si uma força e uma beleza tão grandes, que só podem vir de Deus. O amor faz de nós pessoas autênticas.
Sejamos autênticos no amor.
1Sm 16.1-13
 
Vamos refletir?
Uma abençoada semana para todos
Abraços da amiga Janete
 
 
 
 
 
 

 

domingo, 28 de janeiro de 2018

Cebola Empanada

Olá pessoal.
Com certeza, vocês conhecem "Anéis de Cebola" ou "Cebola Empanada", mas quando procurei uma receita, a mais simples que encontrei e muito saborosa, foi essa que fiz e vou passar agora para o nosso "Cantinho da Culinária".


Descasque 2 ou mais cebolas grandes, e retire os "anéis". Coloque em uma vasilha e leve à geladeira, pois é importante que estejam bem geladinhas.
Prepare uma vasilha com farinha de trigo temperada com sal, noz moscada e/ou pimenta síria; uma com farinha de rosca e outra com leite.
Depois das cebolas bem geladinhas, comece o processo dessa forma:
Molhe um anel da cebola no leite; em seguida, passe na farinha de trigo; molhe novamente no leite e passe na farinha de rosca. Se preferir, molhe mais uma vez no leite e passe novamente na farinha de trigo, e frite com óleo bem quente, até que fique douradinha e com certeza, ficará crocante e deliciosa. Faça assim em todos os anéis.
É muito simples, fácil de fazer, mas precisa de um pouco de paciência e nesse caso valerá a pena.
OBS: O tempero pode ser de acordo com o seu gosto ou sua imaginação.
Gente, é um delicioso tira gosto.
É bom consumir após fritar todos os anéis.
Abraços da amiga Janete
 

...Notícias...