quinta-feira, 30 de junho de 2016

Guimarães Rosa

Olá, meus queridos amigos.
O nosso Cantinho da Literatura, tem a honra de homenagear mais um grande escritor brasileiro. Não tem como falar desse extraordinário poeta, sem sentir orgulho, com um peso de responsabilidade, mas esse pequeno resumo será suficiente para que pesquisem a sua história e suas obras.
 

Nascimento: 27 de junho de 1908, Cordisburgo, Minas Gerais
Falecimento: 19 de novembro de 1967, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
 
João Guimarães Rosa foi um dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos. Foi também médico e diplomata. Os contos e romances escritos por Guimarães Rosa ambientam-se quase todos no chamado sertão brasileiro. 
João Guimarães Rosa
"Quando escrevo, repito o que já vivi antes.
E para estas duas vidas, um léxico só não é suficiente.
Em outras palavras, gostaria de ser um crocodilo
vivendo no rio São Francisco. Gostaria de ser
um crocodilo porque amo os grandes rios,
pois são profundos como a alma de um homem.
Na superfície são muito vivazes e claros,
mas nas profundezas são tranqüilos e escuros
como o sofrimento dos homens."


Gargalhada

Guimarães Rosa
Quando me disseste que não mais me amavas,
e que ias partir,
dura, precisa, bela e inabalável,
com a impassibilidade de um executor,
dilatou-se em mim o pavor das cavernas vazias...
Mas olhei-te bem nos olhos,
belos como o veludo das lagartas verdes,
e porque já houvesse lágrimas nos meus olhos,
tive pena de ti, de mim, de todos,
e me ri
da inutilidade das torturas predestinadas,
guardadas para nós, desde a treva das épocas,
quando a inexperiência dos Deuses
ainda não criara o mundo...
 
"Como não ter Deus?! Com Deus existindo, tudo dá esperança: sempre um milagre é possí­vel, o mundo se resolve. Mas, se não tem Deus, há-de a gente perdidos no vai-vem, e a vida é burra. É o aberto perigo das grandes e pequenas horas, não se podendo facilitar, é todos contra os acasos. Tendo Deus, é menos grave se descuidar um pouquinho, pois no fim dá certo."
Algumas de suas obras:
 


 
 
Ainda teremos mais Guimarães Rosa para vocês. Enquanto isso, pesquisem mesmo.
Vocês vão amar ler esse querido escritor.
Abraços da amiga Janete
 
 

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Hebreus 13.2

Olá, meus queridos amigos.
Vamos começar essa semana com um texto muito sério para os tempos de hoje. Sabemos que está muito difícil acreditar e confiar  nas pessoas, principalmente as desconhecidas; sabemos também que a prática de acolher pessoas em nossas casas, é uma prova de que nossos corações não estão endurecidos o suficiente para que não as acolhamos. Dependendo das circunstâncias, alguém pode, de repente, necessitar de um abrigo ou de uma refeição. Já passamos por essa experiência e o resultado foi positivo no sentido de termos feito uma boa ação e deu tudo certo. Tenho certeza de que poderemos repetir esse gesto, caso a necessidade seja especial e que possamos realmente abrir as portas do nosso coração... Quanto à família e os amigos, com certeza, as portas estarão sempre abertas; a porta da casa e a do coração...
 
"Não se esqueçam da hospitalidade; foi praticando-a que, sem o saber, alguns acolheram anjos." (NVI)
 
"(Estejam) Sempre prontos para oferecer uma refeição ou uma pousada, se alguém precisar. Pois alguns receberam anjos em casa, sem o saber!" (AM)

"O Senhor em Sua Palavra nos ensina a receber e cuidar bem das pessoas em nossa casa. Você tem praticado este mandamento? Qual foi a última vez que você recebeu bem pessoas em seu lar? Não estou falando apenas dos seus parentes, mas de pessoas que você não conhecia. Como foi a experiência? Você amou estas pessoas, preparou-se com expectativa? Serviu como ao Senhor? Certamente que você foi abençoado! E a informação bíblica é que alguns, por terem esta prática, foram abençoados e, sem saber, receberam anjos do Senhor em seu lar. Imagine?! Anjos andando e dormindo em sua casa! As bênçãos ficarão por lá! Receba pessoas em casa, seja para pousar ou para fazer uma refeição! E quando a igreja precisar da sua casa, prove, na prática, que você a consagrou ao Senhor, abra as portas da sua casa, elas dirão se as portas do seu coração também estão abertas!"
Vamos refletir?
Uma abençoada semana para todos
Abraços da amiga Janete.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Salada quente

Olá, meus queridos amigos.
Quando o tempo esfria, vem logo a vontade de, à noite,  tomar uma sopa, um caldo verde, um chá bem quentinho, etc..., mas além dessas sugestões, para quem não conhece e gosta muito de saladas, pode experimentar essa receita que também vai muito bem em tempos mais frios,
sem contar que é deliciosa.

Como fazer:
Brócolis ligeiramente ferventados
Tomates em rodelas
Champignons
Cubinhos de queijo de Minas
Alcaparras
Cebola picadinha (opcional)
Ervas finas, manjericão ou orégano

Escorrer bem o brócolis e arrumar numa forma (como na foto), ou num refratário untado com um pouco de azeite, tendo como base, o brócolis. Pode salpicar um pouquinho de sal.
Leve ao forno por aproximadamente 20 minutos.
Pronto. Pode servir.
A salada da foto dá para duas pessoas, mas pode fazer em quantidade maior, se preferir.
Pode substituir o brócolis por abobrinha verde picadinha, sem ferventar.
Bom apetite!
Essa receita foi preparada pela minha filha Juliana e ficou deliciosa. Aprovada!!
Fica a sugestão.
Abraços da amiga Janete
"Volúpia de sentir na minha mão,
a côdea do meu pão.
Volúpia de sentir-me ágil e forte
Prazer de renegar e de destruir o tédio".
Fernanda de Castro

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Sonia Schmorantz

Olá, meus queridos amigos.
Fim de Outono. Passou rápido, não é mesmo? Mas foi muito bom; os dias mais frios, noites quase geladas, anunciando a chegada de mais uma estação. Mês dos namorados, das festas juninas, cheiro de romance no ar... E essa semana, iniciando o inverno, presenteio a todos com uma linda poesia da querida Sonia Schmorantz, para aquecer ainda mais os nossos corações.


Amar

É ouvir a tua voz, sentir os teus lábios e
o teu colo aconchegante,
É estar no areal junto ao mar e
observar a lua em noites de frio.
É olhar o céu e saber que cada estrela é um beijo teu
Segurar as tuas lágrimas de doce sal com o meu coração.
É ler contigo os poemas de todos os poetas.
Andar numa noite de inverno pelas ruas desertas
de volta para casa.
É dizer na mesa de um café as palavras certas
Transformar esse local nas nossas rimas de amor.
Amar…
É tocar estrelas sem sair do chão,
Tocar na essência do tempo,
entre o certo e o incerto,
Entre o dar e o receber...
Fechar os olhos e aprender a voar...
Amar é envelhecer querendo te abraçar.

Sônia Schmorantz
 
 Lindo demais, não é mesmo?
Então, aceite o convite nessa inspiração de tirar o fôlego; mas não para por aí. Sonia Schmorantz é sem dúvida uma poetisa para todas as estações e tem muito a nos presentear, aqui, no nosso blog da amizade, no nosso Cantinho da literatura.
Abraços da amiga Janete

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Blusa de crochê




Feita com linha Anne na cor melancia -
 tamanho M/G. R$ 130,00 (Vendida)
Ó senhor... mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto;
que as pessoas não estão sempre iguais,
ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando.
Guimarães Rosa

 

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Salmo 1.6

"Pois o Senhor aprova o caminho dos justos,
mas o caminho dos ímpios leva à destruição!" (NVI)
 
"Melhor que andar por um caminho é saber que o Senhor o aprova! Quando a rota é traçada por Deus, a viagem é segura e a chegada ao destino final, que é a vontade de Deus, é certa. Por isso, se você está em um caminho com muita nebulosidade ou pista escorregadia, é tempo de parar e fazer o retorno.
Acredite, sempre haverá uma saída e a oportunidade de andar por estradas novas e seguras construídas por Deus. Se você está perdido, digite agora a palavra Jesus no "GPS" do seu coração. Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida (João 14.6). Por esse caminho, você sempre será aprovado.
 
"O Eterno traça o caminho que você escolhe.
Mas o caminho que eles escolhem é uma pista escorregadia." (AM)
Vamos refletir?
Uma ótima semana para todos.
Abraços da amiga Janete

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Sonia Pimentel - "A Criação" - "Sombra Interior"

Olá, meus queridos amigos.
Hoje, o "Cantinho da Literatura" apresenta uma escritora muito querida e respeitada por todos que a conhecem: Sonia Pimentel. Minha conhecida de mais de dez anos, participou do Programa Navegando na Internet na Melhor Idade e hoje, frequentamos o mesmo Centro de Convivência.
Com o resumo de sua Biografia, vamos saber um pouco mais sobre a sua trajetória, seguida de duas das suas lindas poesias.
"Sonia Maria Garcia de Andrade Pimentel é o meu nome. Nasci em Cariacica (ES), em 7 de dezembro de 1936, onde vivi durante três anos, vindo, então, para Vitória na qual resido até hoje. Concluí o curso Normal Habilitação Magistério na Escola Normal "Pedro II", hoje Escola de 1º e 2º graus "Maria Ortiz", em 1954.
 
Cursei Letras na Fafi - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras - diplomando-me em 1964.
 
Comecei a lecionar em Serra Pelada, Afonso Cláudio, de 1956 a 1958, ensinando as primeiras letras e, depois, em Vitória, como Professora de Língua Portuguesa, continuei minha profissão.
 
Não me recordo de minha infância passada em Cariacica. Mas, dos sons que ficaram gravados em mim, lá, no sítio onde vivi, juntamente com experiências vividas, escrevi poemas e poesias como dom de minha vida.
 
A criação
 
Deus criou do nada o universo,
o homem e a mulher
e o universo dentro deles
 
E criou o mundo em seis dias,
o homem e a mulher
e o mundo neles.
 
E criou a luz e o céu,
o homem e a mulher
e o céu dentro deles.
 
E criou a terra e o mar,
o homem e a mulher
para viverem em união
 
E criou os seres vivos,
o homem e a mulher
para a perpetuação.
 
Então, Deus Criador abençoou
o homem e a mulher
e todo ato de criação.
Sonia Pimentel
(do livro Poemas Poesias - 2002)
 
Sombra Interior
 
Minha sombra,
ternamente,
mas, não, eternamente,
me acompanha...
 
Às vezes, vai na frente,
mostrando a direção;
outras vezes, segue-me
como animal de estimação.
 
Mesmo quando invisível,
para qualquer lado que me vire,
ela está, ali, disponível.
 
E ela vai, sempre, me imitar,
sem se irritar
com minhas limitações.
 
Vai ficar comigo, agora,
até minha alma ir embora.
 
Mas minha sombra interior,
esta, por aqui vai ficar,
para testemunhar
minha passagem pela vida.
Sonia Pimentel
(do livro "O meu jeito de Sonhar - 2008)
 
Essa foi uma singela homenagem à nossa querida Sonia Pimentel, mas em breve, mais poesias para vocês.
Abraços da amiga Janete

Manifestação Contra a Violência aos Idosos

Olá, meus queridos amigos.
Nem todos sabem, mas 15 de junho é o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.
Hoje aconteceu uma grande manifestação entre os quatro Centros de Convivência de Vitória, mobilizando os professores, coordenadores, voluntários e frequentadores, transformando num grande encontro, com café da manhã no CCTI do Centro de Vitória, seguida de caminhada até a Praça Costa Pereira, onde aconteceram atividades de reflexão e denúncia sobre a violência contra o idoso.
Contamos também com a participação do CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social.
Assim como os participantes dos CCTI's de Jardim da Penha e de Maria Ortiz, nós, do CCTI de Jardim Camburi, fomos em "excursão" num ônibus especial até o Centro da cidade, num clima de muita descontração.
Confiram nas fotos:

 


 Chegada à Praça Costa Pereira no Centro de Vitória

 


 Calorosa recepção dos integrantes do CCTI do Centro...


 E, claro, a confraternização entre amigos.


Chegou a hora do café da manhã, com deliciosos quitutes, chocolate quente e café, o que motivou alguns funcionários, professores e coordenadores, com muita alegria, servir a todos os participantes.



                                 
Chegou o momento mais importante desse grande encontro: Um assunto muito sério: Conscientizar as pessoas sobre o que realmente acontece com os idosos de todo o mundo. Discriminação, exploração, maus tratos, abandono e outras tantas violências.
 
 E foi assim a nossa passeata pelas ruas do Centro da cidade; clamando pelo "BASTA" a essa violência, nessa ação de combate a tudo que constrange o idoso, inibindo a sua esperança, passando por cima da sua sabedoria e necessidade de dividir a sua história com tantas lições de vida, que os mais novos deveriam ter a obrigação de ouvir, respeitar, aprender e agradecer.
 
 DENUNCIE!
  

 E dessa forma, cantando, conscientizando, pedindo pela paz e gritando NÃO à violência contra os idosos, chegamos à Praça Costa Pereira, iniciando várias atividades de reflexão e denúncia contra o idoso.
 "O desafio é garantir o direito a um envelhecimento digno e a uma cidadania plena para todos os brasileiros e brasileiras".

 


 
 
   É PRECISO ACABAR COM A VIOLÊNCIA.
"Há uma conspiração do silêncio" contra a pessoa idosa, manifestada por alguns grupos sociais que
perpetuam uma imagem de velhice como fase temida".
Simone de Beauvoir
"Entre as maiores preocupações está a violência contra a pessoa idosa, fenômeno que representa um importante problema de saúde pública não apenas no Brasil, mas também no mundo. Os números de abusos cometidos são subnotificados, não revelando a magnitude do problema. O enfrentamento à violência contra os idosos exige múltiplas intervenções ligadas a práticas tradicionais e não tradicionais, não apenas das instituições públicas - Executivo, Legislativo e Judiciário - mas de toda a sociedade".
 
Que essa mobilização seja apenas o início de muitas outras e que possamos realmente nos conscientizar e denunciar.
"NÃO À VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO!!!
Abraços da amiga Janete

...Notícias...