quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Doação de Órgãos

UM PAPO SÉRIO!!!
DOAÇÃO DE ÓRGÃOS
Cultive esta Idéia!


Doar e receber
Dois lados da mesma viagem
Doe Órgãos para que a vida continue



Olá meus queridos amigos e leitores, hoje quero falar sobre um assunto muito importante e que muitas pessoas ainda desconhecem, assim como existe ainda resistência sobre como tomar decisão para doação de órgãos e hoje, 27 de setembro é o Dia Nacional de Doação de Órgãos.
Para começar, quero informar que aconteceu no domingo, 25 de setembro, a Campanha de Doação de Órgãos, na Praia da Costa em Vila Velha - ES, mostrando a importância de doar e transplantar órgãos.


Um gesto muito simples, apenas uma conversa, pode ajudar muitos brasileiros que precisam de um transplante para viver. Se você deseja ser um doador de órgãos, avise os seus familiares. Se você tem um doador de órgãos na família, respeite a sua vontade. Doar uma vida é fazer valer muitas vidas.




Dois passos que podem salvar uma vida:
1º - Compartilhe sua vida, seja um doador.
2º - Compartilhe sua decisão, avise sua família.

Qualquer um de nós poderá precisar de um transplante de órgão ou tecido. Hoje, no Brasil, quase 60 mil pessoas aguardam na fila de espera por um transplante.

·       O que é transplante?
O transplante é um procedimento cirúrgico que consiste na substituição de um órgão ou tecido de uma pessoa doente (receptor) por outro órgão ou tecido saudável de um doador.
·       Quem são os beneficiados com os transplantes?
Milhares de pessoas que todos os anos contraem doenças cujo único tratamento é um transplante. A espera por um doador muitas vezes é dramática e também envolve pessoas da família e amigos.
Os órgãos doados vão para esses pacientes que necessitam de um transplante e estão aguardando em lista única, definida pela Central de Transplantes da Secretaria de Saúde de cada estado e controlada pelo Sistema Nacional de Transplantes.
·       Quero ser doador. O que devo fazer?

A atitude mais importante é comunicar à sua família o desejo de ser doador. Todos nós somos doadores, desde que a nossa família autorize.

·       Quando podemos doar?
Podemos doar em vida e após a morte.
Em situação de morte encefálica podemos nos tornar doadores de órgãos com autorização da nossa família. A doação de um dos rins, parte do fígado, medula óssea e sangue pode ser feita em vida.

·       Quando podemos doar as córneas?
A doação pode ser realizada logo após o falecimento, independente de o doador ter passado por um processo de morte encefálica. A capitação das córneas deve ser feita até 6 (seis) horas após o óbito.

·       O que é morte encefálica?
Morte encefálica é a definição legal de morte. É a completa e irreversível parada de todas as funções do cérebro, resultado de graves acidentes ou derrame cerebral. O sangue que vem do corpo e supre o cérebro é bloqueado e o cérebro morre.

Lembre-se: Morte encefálica é permanente e irreversível.

·       Posso ter certeza do diagnóstico de morte encefálica?
Sim. O diagnóstico de morte encefálica é regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina. Dois médicos diferentes examinam o paciente, sempre com a comprovação de um exame complementar, que é interpretado por um terceiro médico. Não existe dúvida quanto ao diagnóstico.

·       Após a doação, o corpo do doador fica deformado?
Não. A retirada dos órgãos é uma cirurgia como qualquer outra e o doador poderá ser velado normalmente.


·       Uma pessoa em coma também pode ser doadora?
Não. Coma é um estado reversível. Morte encefálica, como o próprio nome sugere, não. Uma pessoa somente torna-se doadora após o correto diagnóstico de morte encefálica e da autorização dos familiares para a retirada dos órgãos.
·        Como proceder para doar?
Um familiar pode manifestar o desejo de doar órgãos e tecidos de um parente. A decisão pode ser dada aos médicos, enfermeiros e assistentes sociais do hospital.
·        Quais órgãos e tecidos podem ser obtidos de um doador falecido?
Coração, pulmão, fígado, pâncreas, intestino, rim, córnea, veia, ossos e tendão.
·        Podemos escolher o receptor?
A não ser no caso de doação em vida, nem o doador e nem a família podem escolher o receptor. Este será sempre indicado pela Central de Transplantes a partir de critérios clínicos definidos na legislação brasileira de transplantes.
Para mais informações, acesse WWW.doevida.com.br
Disque saúde 0800 61 1997
Essa foi mais uma utilidade do nosso blog da amizade janetenaweb.




domingo, 25 de setembro de 2011

Pudim Gelado




Essa receita foi sugestão das queridas amigas Maria das Graças e Sabrina Figueiredo.
A culinária é mesmo surpreendente. Com certeza alguns de vocês já conhecem, mas prá mim é novidade e como sempre, fiz essa receita e achei incrível esse pudim gelado. Parece um sorvete e é muito saboroso.




Para a calda:

- 5 colheres de sopa de açúcar;
- 1 colher de sopa de manteiga;
- 3 colheres de sopa de achocolatado.
- 1 copo médio de água.

Levar no fogo baixo o açúcar e a manteiga. Mexer até formar mistura grossa; adicionar água e misturar; mexer até virar uma calda; no final, adicionar o achocolatado. Distribuir a calda na forma do pudim.

Para o pudim:

- 1 lata de leite condensado;
- 1 lata de creme de leite;
- 5 ovos;
- 1 copo médio de leite;
- baunilha.

Levar no fogo baixo o leite condensado, as gemas e o leite. Mexer até formar uma mistura grossa; quando tiver no ponto de começar a ferver, tirar do fogo. Esperar o creme esfriar.

Depois, adicionar o creme de leite à mistura e pingar uma colher de sombremesa de baunilha.

Bater as claras em neve (batedeira) e adicionar ao creme. Depois de tudo misturado, distribuir na forma do pudim e levar no freezer.
Obs: Conservar o pudim no freezer

"Disse Jesus: Não andeis ansiosos pelo dia de amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal." Mt 6:34

Uma ótima semana a todos, com o meu abraço carinhoso
Janete



 

UBUNTU

Contando caso...

Olá, meus amigos e leitores. 
Estou presenteando a todos com mais uma categoria em homenagem ao primeiro aniversário do janetenaweb.
Em “Contando Caso”, teremos curiosas histórias e textos para meditar, refletir e distrair, começando essa página com um caso contado pela jornalista e filósofa Lia Diskin e esse caso é muito especial e fascinante e se chama Ubuntu.

UBUNTU
 A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu.
Ela  contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando  terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.

 Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele  chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro.

 As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas   as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.

O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces.

Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós  poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"

 Ele ficou desconcertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda  não havia compreendido, de verdade,a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!"

Atente para o detalhe: porque SOMOS, não pelo que temos...
UBUNTU, meus amigos!!!!
Tenham todos umá ótima tarde de domingo.
"Os lábios do justo apascentam a muitos, mas por falta de entendimento morrem os tolos."
Pv 10:21

domingo, 18 de setembro de 2011

Pão de Queijo com Aipim



Essa receita foi tirada do Programa Mais Você


Ingredientes

  • 250 g de aipim ralado no ralo fino (ou 250 g de aipim cozido e amassado)
  • 125 g de polvilho azedo (1 xícara de chá)
  • 01 ovo
  • 01 colher (sopa) de óleo
  • 150 g de mussarela ralada no ralo grosso (1 ½ xícara de chá)
  • 50 g de parmesão ralado no ralo fino (¾ xícara de chá)
  • Sal a gosto

Modo de preparo

1°- Numa tigela misture 250 g de aipim ralado no ralo fino (ou 250 g de aipim cozido e amassado), 125 g de polvilho azedo, 1 ovo, 1 colher (sopa) de óleo, 150 g de mussarela ralada no ralo grosso, 50 g de parmesão ralado no ralo fino e sal a gosto. Sove bem para obter uma massa lisa e homogênea.
2°- Com as mãos modele bolinhas (30 g), coloque em uma assadeira untada com margarina e leve para geladeira por 30 minutos para a massa firmar um pouco.
3°- Retire a assadeira da geladeira e leve para assar em forno pré-aquecido a 200°C por +/- 25 minutos ou até o pão de queijo ficar dourado. Retire do forno e sirva em seguida.

Obs: Ontem resolvi fazer essa receita como teste para postar no Blog e realmente é uma receita que não tem como errar, pois é fácil de fazer fica muito saboroso; não parece que tem aipim e não gasta muito.
Comprei dois quilos e duzentos gramas de aipim e fiz as duas receitas e mais o bolo que postei ontem.
Desejo a todos uma boa noite e uma semana com muita saúde, alegria e paz.
Abraços da amiga Janete
"A soberba precede a ruína, a altivez do espírito, a queda."
Pv 16:18


sábado, 17 de setembro de 2011

Bolo de Aipim

Hummmm!!!
  Hoje eu fiz um bolo de aipim muito fácil e quero partilhar com vocês.

 
Ingredientes:
03 ovos
600 gr de aipim ralado 
01 vidro de leite de coco
01 xícara (chá) de açúcar
03 colheres (sopa) de margarina Qualy  
Modo de Preparo:
Unte uma fôrma de canudo no meio ou um tabuleiro com margarina. Não polvilhe farinha de trigo.
Bata os ovos como para uma omelete, até começarem a fazer uma espuma. Acrescente o açúcar, mexa bem e junte a margarina. Misture o leite de coco e, por último, o aipim (macaxeira) ralado. Espalhe a massa na fôrma ou tabuleiro.
Asse no forno pré-aquecido em temperatura média, até a massa começar a secar. Espete o bolo com um palito, deve sair quase seco. Desinforme o bolo morno, já quase frio. Se tiver sido assado no tabuleiro, corte em quadradinhos e retire-os com o auxílio de uma espátula.
Espero que tenham gostado da dica para domingo.
Boa noite e um ótimo final de semana.
Abraços da amiga Janete
"Todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão, e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados." Rm 2:12


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

ALHO

 


Olá meus queridos amigos. Voltei com a Edição sobre Utilidades e Dicas, falando hoje sobre o alho. Assisti ao Jornal Hoje e achei muito interessante, pois eu já sabia sobre os seus benefícios e como sempre surge dúvidas, estou postando essa matéria para vocês.
Atualizado em 14/09/2011 14h46

Alho contém propriedades que ajudam no controle de doenças

Evite comprar o alho que já esteja descascado ou aberto.
Veja como fazer uma conserva e também como fritá-lo.

Liliana Junger Belo Horizonte
A nutricionista Patrícia Alves Soares explica que a casca roxa ou branca do alho não faz diferença, mas não é bom comprar se ela estiver ressecada ou com fungos. “Evite o alho que já esteja descascado ou aberto. A casca conserva mais as propriedades que o alho tem. Ele é rico em germânio que é um micro mineral que tem potencialidades excelentes principalmente contra o câncer, que já é comprovado cientificamente”, orienta.
O alho também contém zinco e selênio, antioxidantes que diminuem os riscos de doenças cardíacas e duas propriedades antiinflamatórias: aliina e alicina. “A alicina tem propriedades antibióticas, para infecções e até mesmo para o tratamento de vermes. Também tem propriedade antioxidante, ajuda a combater os radicais que causam doenças graves como diabetes e hipertensão”, mostra.
Os compostos sulfurosos, como o enxofre, ajudam no controle do colesterol da pressão e da glicose. “Muita gente tem o costume de retirar o miolinho do alho, porque acha que ele é que dá um sabor forte à comida, mas é justamente no miolo que está concentrada a maior parte das substâncias que fazem bem à saúde”, alerta.
Amasse só na hora de usar, se tiver sem casca, guarde na geladeira por no máximo três dias com casca sempre fora da geladeira. Um truque para descascar o alho é romper a casca fazendo pressão nos dois lados do dente do alho com uma faca. “Depois é só fazer um pequeno corte e a casca sai com muito mais facilidade”, ensina.
Ao fritar, não deixe dourar demais o alho. “Quando a gente aquece demais o alho, os ácidos e o enxofre se perdem, então ele deixa de ter as propriedades funcionais. “Recomendamos pelo menos três dentes de alho por dia. Uma alternativa é você amassar o alho com o azeite. Ele retira um pouco do aroma forte que o alho tem”.
A chefe Cidinha Lamounier indica a conserva de alho para usar em saladas de folhas, carnes e sobre fatias de pão quente.
Alho em conserva
Asse a cabeça de alho inteira, em forno moderado, até começar a murchar. Espere esfriar e descascar. Coloque em uma vasilha e cubra com a mistura de azeite e vinagre (para cada colher de sopa de azeite, uma colher de sobremesa de vinagre (qualquer um menos de álcool ou balsâmico). Depois tempere com azeite, sal, pimenta do reino e orégano a gosto. Ao ser assado ele perde a ardência, tornando-se adocicado.
Alho frito
O alho laminado ou repicado deverá ser frito imerso em óleo ou azeite até dourar levemente, sem deixar escurecer. Escorrer em papel toalha. Este tipo de alho pode ser usado em diversas preparações, desde entradas frias, como ratatouille e caponata, até acrescentado ao arroz, brócolis ou carne grelhada.
Boa noite e até a próxima dica
Abraços da amiga Janete
"Disse Jesus: Honra a teu pai e a tua mãe, e quem maldisser a seu pai ou a sua mãe certamente será morto." Mt 15:4.

...Notícias...