segunda-feira, 31 de julho de 2017

Descobrir o Amor de Deus em tudo o que nos acontece

Olá, meus queridos amigos.
Encerrando o mês de julho e iniciando mais um semana, esse texto reflexivo é uma boa oportunidade para repensarmos sobre os nossos verdadeiros sentimentos em relação ao verdadeiro sentido de amar o próximo e amar a Deus.
 
"Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus" (Rom 8,28)
O amor de Deus se manifesta sempre, mesmo quando aparentemente parece o contrário.
Nós temos uma visão limitada da realidade, vemos e interpretamos muito superficialmente. Deus vê o todo e a profundidade das coisas, por isso vê sempre o nosso bem e o proporciona segundo  o seu amor infinito. Quando ao nosso redor não pudermos ver o amor, olhemos dentro de nós, é ali que ele mais se manifesta. Se dentro de nós tudo parece escuro, vamos ao encontro do irmão, pois quem ama encontra a luz. Quanto mais amamos mais descobrimos que o amor de Deus está sob todas as coisas e por trás de todos os acontecimentos.
Olhemos para o Crucificado, é bem difícil entender o amor que brota do sofrer, mas foi ali que seu amor chegou ao extremo.
Apolônio Carvalho Nascimento.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Pizza Enrolada

Olá pessoal.
Pizza é sempre uma boa pedida, e nosso lanche preferido nos finais de semana.
Vocês devem lembrar da "Pizza fácil" que está no nosso "Cantinho da Culinária" e é fácil mesmo, além de econômica; mas resolvi variar um pouco e fazer uma nova receita que também é muito fácil e com formato diferente. Pizza Enrolada.



 
 
Ingredientes para a massa:
1 copo (requeijão) de leite morno
1 tablete de fermento fleischmann ou um envelope de fermento biológico
1 colher (sobremesa) de açúcar
1 colher (café) de sal
¹/² xícara de óleo
4 xícaras de farinha de trigo, ou até que a massa fique boa.
 
Dissolva o fermento no leite morno, acrescente o açúcar e o sal e em seguida o óleo. Depois de tudo dissolvido, acrescente, aos poucos, a farinha de trigo, misturando com uma colher de pau e em seguida, "coloque a mão na massa", até que solte das mãos. Amasse bem e deixe descansar até que a massa cresça.
Divida em 3 partes, abra com um rolo de macarrão, recheie e enrole em formato de pão.
 
Recheio a gosto.
Essas pizzas foram recheadas com presunto, bacon, milho verde, ervilhas, azeitonas, orégano e queijo mussarela.
O presunto e queijo são processados (moídos).
Use um pouco de molho de tomate antes de rechear.
Misture todos os ingredientes numa vasilha e espalhe na massa aberta.
Pode ser recheada com frango ou outro de sua preferência, usando sua criatividade.
Espero que tenham gostado dessa receita, que depois de pronta pode ser congelada.
Abraços da amiga Janete
 
 

segunda-feira, 3 de julho de 2017

S. Pedro e S. Paulo, Apóstolos

Olá meus queridos amigos
Vamos começar essa semana refletindo sobre a força e a perseverança da fé, observando o Evangelho segundo São Mateus, a respeito de dois grandes nomes da Bíblia, considerados os maiores líderes da Igreja Cristã.
 
Evangelho comentado para cada dia do ano -
"Viver a Palavra"
 
"Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos discípulos: "Quem dizem as pessoas ser o Filho do Homem?" [...] Simão Pedro respondeu: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Jesus então declarou: "Feliz és tu, Simão, Filho de Jonas, porque não foi carne e sangue quem te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso, eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as forças do Inferno não poderão vence-la. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus."
Mt 16,13-19
 
"Pedro e Paulo, por caminhos e métodos diferentes, foram os maiores propagadores do Evangelho. Pedro, a rocha firme na qual a Igreja do Senhor foi edificada; Paulo, a ousadia de sair dos muros de Jerusalém e ir aos gentios. Hoje, celebramos seus martírios. O sangue desses dois apóstolos banhou a Cidade Eterna. Nesse sangue derramado a prova da fidelidade ao Senhor Jesus. Quer pela cruz, quer pela espada, ambos testemunharam sua fé no Cristo. Celebrar essas duas colunas da Igreja é pensar na grandiosidade do amor de Deus na vida de quem se deixa conduzir pelo Espírito. Pedro, de pescador a Líder maior da Igreja Paulo, de perseguidor a ardoroso pregador do Evangelho."
Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo, apóstolos.
Esses santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários.
 
Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro.
 
Paulo, cujo nome antes da conversão era Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada "aos pés de Gamaliel", um dos grandes mestres da Lei na época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.
Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado.
Recebeu o batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério.
 
Quem conhece ou teve oportunidade de ler as maravilhosas cartas de São Paulo Apóstolo, fica encantado com a força e a convicção da fé desse apóstolo. Não tenho muito o que comentar. Esses textos, o Evangelho citado e o resumo de quem são esses Santos Apóstolos, já são suficientes para entendermos a seriedade do julgamento de Deus, que somente Ele tem o poder de julgar e tocar no coração e na consciência de cada um de nós, por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Não é maravilhoso?
Uma abençoada semana para vocês.
Abraços da amiga Janete
"Busquei o Senhor e ele respondeu-me" (Sl 34[33])
 
 

domingo, 2 de julho de 2017

Churrasco Junino

Olá meus queridos amigos 
Mais um encontro da turma mais badalada do CCTI-JC. A turma da aeróbica.
Como vocês têm acompanhado, desde o nosso primeiro churrasco em dezembro de 2015, que foi tão especial, que não paramos mais.
Dessa vez foi proporcionado pela amiga Rosa com o seu esposo Soares, na AERT - um espaço maravilhoso, com churrasqueira e uma linda área com muitas árvores e flores.
Uma festa como sempre, familiar e descontraída; sim, a nossa família sempre aumentando a cada encontro:
Filhos, cunhados, genros, noras e, claro, a nossa turma sempre mais unida e alegre.
E, para comemorar o São João, que tinha sido no dia anterior, a homenagem ao Santo foi impecável - algumas pessoas vestidas à caráter, dando um toque especial a essa festa e as "guloseimas" típicas como cuscuz, bolo de aipim com goiabada, canjica, paçoca, pé-de-moleque, tortinha salgada, dentre outros quitutes e tudo isso, com o nosso tradicional churrasco, que a nossa querida amiga Erlina fez questão de preparar com o carinho de sempre, junto ao nosso querido amigo e professor Nei e Soares, esposo da Rosa, nossos anfitriões.
 











 
 



 


  
 
 




 
Vai começar a quadrilha
"Com a filha de João, Antônio ia se casar, mas Pedro fugiu com a noiva
Na hora de ir pro altar..."
 
No meio de tanta diversão, não poderia faltar a tradicional dança junina.
"Grande roda, Anavan, anarriê, alavantú, balancê...
Olha a chuva, olha a cobra, agora o caracol e o grande túnel..."
Foi improvisado, mas saiu bonito.


 









 
E foi assim que nos confraternizamos mais uma vez, e como sempre, fortalecendo a amizade desse grupo que só nos faz cada vez mais unidos e felizes, formando assim uma só família.
Agradeço à Rosa e Soares, por nos proporcionar esse encontro num lugar privilegiado como a AERT, para o nosso já tradicional churrasco partilhado entre amigos.
Abraços da amiga Janete
Para quem está chegando agora, vejam como foram os nossos churrascos e encontros anteriores, no link CCJC - Centro de Convivência, em Categorias, ao lado direito da página.







...Notícias...