segunda-feira, 3 de julho de 2017

S. Pedro e S. Paulo, Apóstolos

Olá meus queridos amigos
Vamos começar essa semana refletindo sobre a força e a perseverança da fé, observando o Evangelho segundo São Mateus, a respeito de dois grandes nomes da Bíblia, considerados os maiores líderes da Igreja Cristã.
 
Evangelho comentado para cada dia do ano -
"Viver a Palavra"
 
"Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos discípulos: "Quem dizem as pessoas ser o Filho do Homem?" [...] Simão Pedro respondeu: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Jesus então declarou: "Feliz és tu, Simão, Filho de Jonas, porque não foi carne e sangue quem te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso, eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as forças do Inferno não poderão vence-la. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus."
Mt 16,13-19
 
"Pedro e Paulo, por caminhos e métodos diferentes, foram os maiores propagadores do Evangelho. Pedro, a rocha firme na qual a Igreja do Senhor foi edificada; Paulo, a ousadia de sair dos muros de Jerusalém e ir aos gentios. Hoje, celebramos seus martírios. O sangue desses dois apóstolos banhou a Cidade Eterna. Nesse sangue derramado a prova da fidelidade ao Senhor Jesus. Quer pela cruz, quer pela espada, ambos testemunharam sua fé no Cristo. Celebrar essas duas colunas da Igreja é pensar na grandiosidade do amor de Deus na vida de quem se deixa conduzir pelo Espírito. Pedro, de pescador a Líder maior da Igreja Paulo, de perseguidor a ardoroso pregador do Evangelho."
Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo, apóstolos.
Esses santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários.
 
Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro.
 
Paulo, cujo nome antes da conversão era Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada "aos pés de Gamaliel", um dos grandes mestres da Lei na época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.
Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado.
Recebeu o batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério.
 
Quem conhece ou teve oportunidade de ler as maravilhosas cartas de São Paulo Apóstolo, fica encantado com a força e a convicção da fé desse apóstolo. Não tenho muito o que comentar. Esses textos, o Evangelho citado e o resumo de quem são esses Santos Apóstolos, já são suficientes para entendermos a seriedade do julgamento de Deus, que somente Ele tem o poder de julgar e tocar no coração e na consciência de cada um de nós, por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Não é maravilhoso?
Uma abençoada semana para vocês.
Abraços da amiga Janete
"Busquei o Senhor e ele respondeu-me" (Sl 34[33])
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...