quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Esther Lessa


Olá, meus queridos amigos e leitores do “Cantinho da Literatura”.
Depois da “Introdução” à essa nova temporada, e da matéria em homenagem aos escritores capixabas, nas duas últimas semanas, chegou o momento de começar com as homenagens a alguns dos escritores capixabas, conforme eu havia prometido.
Estou sentindo-me muito feliz e privilegiada em começar essas homenagens, com uma incrível descoberta que fiz há uns dias, quando por acaso do destino, tive a honra de conhecer uma estrela da literatura capixaba; dentro de um salão, fazendo as minhas unhas, vi uma senhora entrando para cuidar do seu cabelo, e quando ela entregou um livro à cabelereira para entregar à sua filha; de repente, a senhora começou contando umas historinhas lindas, e, prestando atenção no que ela falava e contava, me bateu uma grande curiosidade, quando perguntei se era de sua autoria e ela confirmou, dizendo que é escritora, e com muito carinho, entregou-me um de seus livros infantis: “Poemetos e Historietas”
 
Fiquei muito encantada com o que presenciei e decidi fazer uma justa homenagem a essa querida e honrada escritora Esther Lessa.
Hoje, fiquei emocionada ao receber mais um de seus exemplares, “Emergindo o Imerso”, com uma carinhosa dedicatória.

Quero agradecer e parabenizá-la pelo seu trabalho, pelas lindas obras e apresenta-la, por meio do nosso “Blog da amizade”, a todos os amantes da leitura e aos leitores desse humilde espaço que tem único e exclusivo objetivo: despertar o interesse de pesquisas mais profundas sobre esses maravilhosos sonhadores, contadores de histórias; pensadores que nos fazem pensar, refletir e sonhar; idealizadores que se completam através de seus textos e poesias... E, claro, apresentar algumas de suas obras, como dicas de uma boa leitura.

Com um resumo de sua biografia, e com um lindo soneto – “Condição Humana” – do livro “Emergindo o Imerso”, dedico essa primeira homenagem a você, Esther Lessa, mulher guerreira e de grande superação em toda sua trajetória de vida.
Parabéns! Você é uma vitoriosa!

Biografia   literária

Esther Lessa, cujo verdadeiro nome é Esther de Oliveira Castro Lessa, nasceu em S. Mateus, Espírito Santo. É graduada em Direito e em Letras pela Universidade Federal do Espírito Santo. Possui diploma superior de Estudos Franceses da Universidade de Nancy (França), pela Aliança Francesa de Vitória (ES)._ Tem publicado três livros infantis (2006 , 2013 e 2017), assim como, “Breves Histórias Que a Vida Contou” (2007) e “Anseios de Liberdade” (2008) e “Cânticos de Amor”(poemas)(2014)_ Teve dedicada a ela 57ª edição da Coletânea Poética “Palavra é Arte” do editor Sr. Gilberto Martins, da qual participou com sete poemas.

   E figura no primeiro volume da Antologia “Incertezas e suas Fragilidades “ da Scortecci Editora, com dois contos.  E no primeiro volume da Antologia “ Cumplicidade de Movimentos” da Scortecci Editora, com cinco poemas. Em 2015, publicou “ Emergindo o Imerso”, livro de Sonetos e Rondéis.

Como uma apaixonada pela palavra, Esther Lessa procura colocá-la no seu devido lugar, para expressar as verdades em que crê.
 
 "Há uma lira em meu coração"
Esther Lessa



Condição Humana

 
Que quereis me dizer, oh, frio Vento,

E vós, estrelas, que brilhais tão alto!?

Sois forças naturais que eu tanto exalto!

Esse não é também, Mar, vosso intento?

 
Que ireis falar, Noite, saber eu tento...

Dia, por que estais inquieto? Ressalto:

De que notícia... vos fazeis arauto?

Aliviai-me... por um breve momento!

  

Sim. Se vindes pra que eu conheça a agrura

Que em mim já é tamanha, co’as minhas dores...

Peço-vos: deixai-me... na desventura!

 
Se me quiserdes revelar... tremores...

Tempo na condição humana... loucura...

Concedei paz... poupai-me dos temores!
Esther Lessa
Até a próxima semana, com mais uma homenagem aos escritores capixabas.
Abraços da amiga Janete
 

Conheçam algumas obras de Esther Lessa


Esther Lessa

Prosa Poética07/10/17 


Esther Lessa

Rondel06/10/17 


Esther Lessa

Prosa Poética06/10/17 


Esther Lessa

Haikais05/10/17 


Esther Lessa

Sonetos03/10/17 


Esther Lessa

Contos > Fantasia01/10/17 


Esther Lessa

Sonetos30/09/17 


Esther Lessa

Homenagens29/09/17 


Esther Lessa

Prosa Poética28/09/17 


Esther Lessa

Mensagens27/09/17 


Esther Lessa

Haikais21/09/17 


Esther Lessa

Sonetos19/09/17 


Esther Lessa

Sonetos18/09/17 


Esther Lessa

Sonetos16/09/17 


Esther Lessa

Sonetos15/09/17 


Esther Lessa

Prosa Poética14/09/17 


Esther Lessa

Sonetos13/09/17 


Esther Lessa

Prosa Poética12/09/17 


Esther Lessa

Poesias > Amor12/09/17 

 

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Construir relacionamentos positivos com todos

Olá meus queridos amigos
Novamente batendo na tecla principal, falando sobre o amor.
Quer assunto melhor? Esse sentimento que devemos cultivar, colher, colocar em prática; como a Palavra de Deus, que ouvimos, lemos, mas nem sempre a gravamos e colocamos em prática e por isso mesmo, deve ser exercitada até que prestemos mais atenção no que diz o Evangelho, quando fala que a Palavra do Senhor é o caminho, a verdade e a vida.
Estamos vivendo dias de tristeza com tantas tragédias e terrorismos e o mundo está gritando por justiça, está carente de amor e é desse amor que o texto de hoje -  mais uma vez escrito por Apolônio Carvalho - sugere que prestemos mais atenção sobre a necessidade de amarmos uns aos outros, como Jesus nos amou; como Ele nos ama.
E para começar bem essa semana, vamos continuar refletindo sobre o mais nobre sentimento que é a principal base para que o mundo alcance a paz.

"Se tivermos como base o amor ao irmão, amor que desencadeia a reciprocidade no modo como Jesus nos indicou, teremos entre nós a verdadeira fraternidade. Nossos relacionamentos serão positivos se soubermos viver o Mandamento Novo de Jesus "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei." (cf.1Jo 4,20) E continua explicando que ninguém pode amar a Deus que não vê se não ama ao irmão que vê. Portanto o cristão tem o dever de criar relacionamentos positivos com todos. Mesmo quem não é cristão só terá ganhos, se adotar esse estilo de vida.
Apolônio Carvalho
Uma semana com muito amor para todos.
Abraços da amiga Janete
 

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Homenagem aos escritores capixabas em escadaria


Olá, meus queridos amigos.
Na semana passada, com o início da nova temporada do "Cantinho da Literatura", prometi postar a matéria sobre a linda homenagem feita aos escritores capixabas no dia nacional do escritor brasileiro; e para quem ainda não acessou a página, estou iniciando essa nova fase, em homenagem aos escritores do Espírito Santo, que a partir da próxima semana, teremos o privilégio de saber e conhecer um pouco mais alguns desses queridos poetas, pensadores e sonhadores escritores, com suas lindas histórias contadas, criadas e compartilhadas com os amantes da leitura.
Espero que curtam essa nova "era" do nosso querido "Cantinho da Literatura", lembrando que temos um encontro marcado às quintas-feiras, sempre com uma novidade para vocês.
Abraços da amiga Janete.

Escritores capixabas são homenageados em escadaria de Vitória

 

Publicado em 24/07/2017 às 20h52




  Raimundo na escadaria que ele pintou em homenagem a escritores capixabas

Rafael Monteiro de Barros

Cada degrau da Escadaria da Gentileza, no Morro dos Alagoanos, em Vitória, conta uma história. Nesta terça-feira (25), Dia Nacional do Escritor, o ilustre morador do bairro conhecido como Raimundo “Gentileza” vai inaugurar uma homenagem a autores capixabas, que terão seus nomes gravados nos degraus onde serão depositados livros que qualquer um vai poder pegar.

Além de prestar a homenagem aos escritores do Espírito Santo, Raimundo também procura dar oportunidade para que a comunidade conheça mais a literatura capixaba e provocar entre os moradores o hábito de ler.

“Nesse sobe e desce, eles vão se familiarizar com esses nomes de escritores. Quem sabe, amanhã, quem passar por aqui não pode tornar-se um leitor? Vou além: quem sabe daqui não saia um escritor ou escritora?”,  indagou.

O escritor e historiador Fernando Achiamé será um dos homenageados na Escadaria da Gentileza. Para ele, é uma honra ter o nome marcado nos degraus. Achiamé também considera que esse trabalho eleva a autoestima da comunidade do Morro dos Alagoanos.

“É uma área de exclusão social da cidade. Iniciativas como essa fazem com que ela se integre à cidade e a cidade a ela. Ao homenagear os escritores, ele também, fundamentalmente, está homenageando a comunidade, ligando o nome dos escritores ao cotidiano do Morro dos Alagoanos”, comentou.

Valsema Rodrigues é mais uma autora que terá o nome marcado nos degraus da escadaria. Ela já garantiu que vai doar livros para serem disponibilizados para os moradores. A ideia de oferecer obras gratuitamente é maravilhosa, segundo Valsema, que lembra o fato de muitas pessoas não terem condições de comprar livros.

Para retribuir a homenagem, a escritora escreveu versos de agradecimento:

“Neste dia do escritor,

Vejo livros na escadaria

Que belo gesto de amor

Eis o morro da poesia”.

  25 DE JULHO, DIA NACIONAL DO ESCRITOR

“Livro, a melhor arma contra a violência”. Essa frase foi proferida, nesta manhã, pelo líder comunitário e agitador cultural Raimundo de Oliveira, durante a inauguração da Escadaria da Gentileza, no Morro dos Alagoanos, em Vitória (ES). Em cada degrau o nome de um escritor que faz parte da história da literatura capixaba. Trata-se de uma criativa e delicada em homenagem aos operários da palavra e criadores de sonhos.

A iniciativa tem como objetivo, despertar os passantes para a leitura.  Os moradores, que utilizam a escadaria diariamente, vão se familiarizar com os representantes da literatura produzida no Estado e, possivelmente, se interessar em conhecer obras de alguns deles. Escritores presentes no momento da inauguração nesta manhã do dia do escritor, levaram livros para que fossem distribuídos à comunidade local.

Nesta data significativa para nossa cultura, nosso Portal acontecendo online cumprimenta e parabeniza a todos os escritores do Vale do Aço e do Brasil.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Contentar-se com aquilo que temos


Olá, meus queridos amigos.
É muito interessante esse jeito que Apolônio Carvalho tem de falar sobre o amor, numa forma sutil de reflexão em todos os seus textos e para quem tem acompanhado o "Começando bem a semana" sabe do que estou falando, e considero muito gratificante começar a semana lendo com atenção, refletindo sobre a paciência, caridade, gratidão, fé e sobretudo, sobre as diversas formas de saber amar e ser amado numa reciprocidade única, respeitando o espaço de todos; assim como Apolônio se expressa sobre o mais nobre sentimento do ser humano: "Amor".

"Quanto mais se tem mais se quer. Essa é a norma do mundo.
Quanto mais se dá mais se tem. Essa é a norma do amor. Quem já experimentou a segunda opção despreza a primeira e quem nunca experimentou a segunda não está contente com a primeira. Conclusão: doar amor é o mesmo que contentar-se com o que tem. Aliás, não somente contentar-se, mas ser feliz. A ganância é um vício que nunca satisfaz, vive em busca do ter na ilusão da felicidade. E quanto mais enche os bolsos mais esvazia o coração. Olhemos o que temos. É pouco? Colocado em comum com todos torna-se muito, pois a comunhão gera abundância. Se aquilo que não tenho me angustia é porque não valorizo aquilo que tenho. O pouco com amor é muito e o muito sem o amor é nada. Se o que temos já nos basta, podemos até ter mais... para doar mais."
Apolônio Carvalho
Ganância, ambição e inveja empobrecem o homem.
O amor constrói e enriquece.
A fé e esperança movem o homem a construir com gratidão e amor.
Abraços da amiga Janete

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Homenagens aos escritores capixabas - Introdução


Olá meus queridos amigos

Para quem acompanhou as homenagens aos escritores brasileiros, teve a oportunidade de conhecer muitos dos gênios da literatura, com suas diversidades. Foram muitas, com resumos de suas biografias, algumas obras e lindas poesias, desde os tempos em que os inesquecíveis poetas eram lembrados e valorizados em nossas escolas, como Olavo Billac, Castro Alves, Monteiro Lobato, Fernando Pessoa..., assim como as poesias encantadoras de Cora Coralina, Rachel de Queiroz, Cecília Meirelles..., até os tempos atuais, como escritores ainda desconhecidos e tantos outros que são consagrados, como Paulo Freire, Mário Lago, Mário Quintana, Ferreira Gullar, Carlos Drummond de Andrade, enfim, a todos os maravilhosos poetas que fazem parte desse incrível universo da literatura; e a ideia de criar esse espaço foi para que todos esses escritores se tornassem mais vivos e conhecidos, como motivação para a leitura, incentivando pesquisas mais profundas, quando do interesse e necessidade de cada leitor.

Entre as homenagens rendidas aos nossos escritores brasileiros, tive a felicidade de mostrar algumas poesias de Sônia Schmorantz, uma escritora gaúcha e também dos poetas capixabas, como Rui Braga, Sonia Pimentel , Valdecy Bragança e Elisa Lucinda.

Depois de uma pausa no nosso “Cantinho da Literatura”, estou de volta, e dessa vez, abrindo um espaço especial para falar um pouco, e exclusivamente, sobre os escritores e poetas do nosso Espírito Santo.

Quando comecei essa pesquisa, fiquei surpresa com a quantidade de escritores desse lugar, e são tantos, que assim como foi com os escritores brasileiros, também falarei sobre alguns escritores capixabas, citando resumo de suas biografias e/ou algumas de suas obras; também como incentivo para que os interessados busquem mais informações sobre esses maravilhosos pensadores e poetas que nos fazem sonhar, refletir e viajar com as suas histórias dentro de seus próprios sonhos e experiências de suas vidas; lendo muitas das poesias, dos contos e dos livros de um modo geral, com certeza nos identificamos de alguma forma e nos encaixamos nessa fantasiosa realidade.

No dia 25 de julho -  dedicado aos escritores brasileiros -, assistindo ao jornal local, Bom dia Espírito Santo, fiquei muito orgulhosa com a linda homenagem que fizeram aos escritores capixabas, e por coincidência, eu já estava preparando essa nova temporada do “Cantinho da Literatura” no nosso “Blog da Amizade”, nessa mesma intenção: de apresentar a todos, os nobres e queridos poetas do Espírito Santo.
Como também eu desconhecia muitos desses escritores, e como falei anteriormente, são muitos; então comecei essa pesquisa, onde os leitores terão essa mesma oportunidade e tenho certeza de que não só os que serão homenageados nesse espaço, como muitos outros, despertarão em cada leitor, a curiosidade de saber mais sobre outros escritores; com pesquisas mais profundas, com oportunidade de também participar de suas histórias e estórias do cotidiano, vivendo essa aventura saudável que é a leitura.
Para dar início às homenagens aos “Escritores Capixabas”, e para vocês entenderem melhor a riqueza que é escrever baseado em suas próprias experiências, contando sobre suas imaginações, sonhos e até mesmo baseado em fatos reais, na próxima semana, o “Cantinho da Literatura” mostrará a matéria sobre a mais justa homenagem ao dia nacional do escritor, 25 de julho, com alguns nomes dos escritores gravados na escadaria.
Espero por vocês nas próximas semanas, dando sequência a essa nova temporada; e como sempre, às quintas-feiras.
Enquanto isso, não deixem de visitar o nosso "Cantinho da Literatura", afinal, são mais de 190 homenagens.
Abraços da amiga Janete.
 Essa é uma das fotos da nossa querida escritora Sônia Schmorantz, que tive a honra de postar algumas de suas lindas e sonhadoras poesias no nosso "Cantinho da Literatura" e essas são umas de suas flores cultivadas com muito amor em seu lindo jardim.
Só inspiração!!
Um abraço especial para você, Sônia Schmorantz, com os meus parabéns e a minha sincera gratidão.

 

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Agradecer a Deus pelas belezas da criação

Olá, meus queridos amigos.
Para começarmos bem essa semana, apenas uma sugestão: que possamos agradecer a Deus pela grandeza de sua criação, observando melhor as belezas da natureza e que nessa nova estação, possamos também usufruir dessa dádiva observando melhor as flores, os pássaros e tudo que a natureza nos oferece, pela bondade e misericórdia do nosso Criador, lembrando que também somos parte dessa criação.
Vamos cuidar melhor, respeitar e amar mais a natureza e vamos refletir com mais um lindo texto de Apolônio Carvalho.
 
"A beleza da criação à nossa volta é constante, mas não é estática. Ela muda segundo a luminosidade do dia, segundo as estações do ano e muda também no tempo. Lembramos muito pouco de agradecer a Deus por sua criação, que com sua beleza faz brotar em nosso coração sentimentos que sintonizam com a harmonia que rege o universo e assim nos tornamos pessoas melhores e mais zelosas pelo meio ambiente. Vejo a beleza da criação de Deus sobretudo nas pessoas. Mas tenho que descobri-la antes de tudo no meu próprio olhar. Devo ver cada pessoa através do olhar bondoso de Deus, pois a criação reflete a beleza do seu criador, e de modo muito especial, na criatura que traz a marca de sua semelhança."
Apolônio Carvalho
Uma abençoada semana para todos.
Abraços da amiga Janete
 

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Biscoito de polvilho

Olá pessoal.
Hoje vocês vão conhecer e aprender uma receita muito especial. É a receita de biscoito de polvilho da minha querida e saudosa mãezinha. Ela que fazia tudo com muito amor e por isso seus quitutes eram especiais e deliciosos.
Essa receita foi passada para a minha irmã, que depois de algum tempo, tive o prazer de degustar esses biscoitos que também, tudo o que ela  faz é cheinho de amor.
É uma receita simples, fácil e tive o prazer de fazer duas vezes e deu certo, mas não tirei fotos, pois preferi passar o passo a passo que a minha queridinha me enviou; e tenho certeza que vocês vão fazer e adorar esses biscoitos da "vovó".
Vejam a receita:

Bater bastante 4 ovos na batedeira

Adicionar 4 colheres de margarina ou manteiga,
2 copos de açúcar... sempre batendo. A massa vai ficando cremosa.
 
Agora, sem bater, começa a acrescentar o polvilho doce... aproximadamente 1Kg. Vai misturando com a colher ou espátula.
Acrescentar a casca de 1 limão ralada


Colocar 1 colher de sopa de Pó Royal


E misture com as mãos...
Até ficar com uma consistência em que não agarre nas mãos...


Faça as bolinhas e amassa com o garfo...
 Assar numa temperatura de 180 graus por mais ou menos 40 minutos, dependendo do seu forno.





Agora... é só saborear! Bom Apetite!

 
 
"Cozinhar é um modo de amar os outros."
Mia Couto
  É assim que a nossa mãe fazia: cozinhava com prazer, alegria, e o seu principal tempero era o amor.
Resultado final: Elogio de todos e para ela, vitória total!
Obrigada, minha querida mãe, por ter nos ensinado a amar e cozinhar.
 

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Tempo de renovação...


 Olá, meus queridos amigos
Esse é um início de semana diferente, pois direcionamos nosso olhar e sentimentos para uma nova era que se renova com a chegada da primavera. É uma estação que nos inspira a sonhar e alimentar mais esperança em tempos tão difíceis que estamos vivendo, mas a certeza de que não devemos desistir; e a primavera, já é uma inspiração natural; a saber pelo lindo colorido das flores e pelo céu mais azul e iluminado que nos faz sorrir para a vida.
Para começar bem a semana, dedico a vocês esse lindo poema dando as boas vindas à primavera, num convite a refletir e valorizar o que Deus nos oferece com o desabrochar de cada flor, de cada sonho e de cada esperança que brota em nossos corações.
Vamos refletir?

 Primavera...Tempo de renovação

 


Primavera é mais que uma estação...é um tempo de RENOVAÇÃO!

É tempo de plantar novos sonhos, novas flores,
 novos perfumes, novas cores.
É tempo de deixar germinar a esperança na renovação da vida.
É tempo de florescer, de mudar e de cultivar o amor.

Primavera é tempo de desabrochar, florir, reviver.
Tempo de deixar cair as folhas velhas, amareladas, murchas,
secas e sem vida, deixadas pelo rigor do inverno.
Tempo de restabelecer forças e iniciar um novo ciclo da vida.

Você é convidado a entrar com a natureza nesta estação.
Por isso, encerre ciclos, feche portas, termine capítulos.
Deixe para trás tudo que passou e não foi bom.
Recomece a amar e deixe a vida florir.

Assuma as flores e folhagens novas que Deus lhe oferece.
Abra-se ao novo, busque novos sonhos, sinta a alegria de viver.
Intensifique seu relacionamento com Deus,
que proporciona o crescimento e a renovação da vida.
Busque o equilíbrio entre corpo, alma e mente.
Mantenha pensamentos que edifiquem e levem ao sucesso.
Usufrua do milagre da transformação que as estações da vida proporcionam.
Desabroche o ser que há em você e celebre a PRIMAVERA.

“Na serenidade do semblante do rei está a vida: sua clemência
é como uma chuva de primavera”. ( Pv 16,15)


Texto: Primavera...Tempo de renovação
Rosemary de Ross
Pato Branco - Paraná.

 

A cada dia mais bela

Clarice Lispector


Sejamos como a primavera que renasce cada dia mais bela… Exatamente porque nunca são as mesmas flores.
Foto de Narciso Milanezi
Chegou junto com a primavera, a primeira flor de maracujá, que meu esposo (Narciso), cultiva com alegria e grande expectativa.
Tempo de renovação e esperança.
Uma ótima semana e uma linda primavera para vocês.
Abraços da amiga Janete.
 
 
 
 

 


...Notícias...