quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Ziraldo


Olá, meus queridos amigos.
Na semana passada, em homenagem ao dia das crianças, o Cantinho da Literatura apresentou como sugestão, o escritor André Neves , um dos mais renomados ilustradores de literatura infantil e juvenil da atualidade.....

E, como estamos no mês da criança, do professor e do livro, o Cantinho da Literatura tem a honra de apresentar e falar um pouco sobre o nosso querido escritor Ziraldo, com um resumo de sua biografia e algumas de suas obras, inclusive, como destaque, “Uma Professora muito Maluquinha”, que vocês verão a seguir.


 

Ziraldo Alves Pinto nasceu no dia 24 de outubro de 1932, em Caratinga, Minas Gerais. Começou sua carreira nos anos 50 em jornais e revistas de expressão, como Jornal do Brasil, O Cruzeiro, Folha de Minas, etc. Além de pintor, é cartazista, jornalista, teatrólogo, chargista, caricaturista e escritor. 


A fama começou a vir nos anos 60, com o lançamento da primeira revista em quadrinhos brasileira feita por um só autor: A Turma do Pererê. Durante a Ditadura Militar (1964-1984) fundou com outros humoristas O Pasquim - um jornal não-conformista que fez escola, e até hoje nos deixa saudades. Seus quadrinhos para adultos, especialmente The Supermãe e Mineirinho - o Comequieto, também contam com uma legião de admiradores. 



Em 1969 Ziraldo publicou o seu primeiro livro infantil, FLICTS, que conquistou fãs em todo o mundo. A partir de 1979 concentrou-se na produção de livros para crianças, e em 1980 lançou O Menino Maluquinho, um dos maiores fenômenos editoriais no Brasil de todos os tempos. O livro já foi adaptado com grande sucesso para teatro, quadrinhos, ópera infantil, videogame, Internet e cinema. 


“Ziraldo, além de pintor, é cartazista, jornalista, teatrólogo, chargista, caricaturista, escritor e colecionador de piadas. Sua vasta obra faz parte do nosso quotidiano. O cartaz de um filme, um logotipo, uma camiseta, um programa de televisão, uma capa de revista, uma simples caixinha de fósforo, tudo ganha um charme especial. Um bom brasileiro diz logo de cara: só pode ser coisa do Ziraldo...”

Uma Professora Muito Maluquinha — Ziraldo



Uma Professora Muito Maluquinha, é mais uma das personagens "maluquinhas" de Ziraldo, que também assina o roteiro e conta os revolucionários métodos de ensino de uma jovem professora que estudou na cidade grande e, aos 18 anos, retorna à sua cidade natal para dar aulas na escola primária.

A história se desenrola nos anos 40, onde a proposta pedagógica da
protagonista está apoiada numa filosofia muito simples: através da leitura, seus alunos poderiam conhecer o mundo e aprender muito mais que com aulas monótonas e repetitivas.

É uma professora nada convencional para a época que usa recursos diferenciados para desenvolver em seus alunos a habilidade da leitura, ensinando-lhes muito mais do que os saberes científicos — os saberes da vida.

Escrito em 1995 e publicado pela Cia. Melhoramentos de são Paulo, no memo ano, é mais um dos grandes sucessos de Ziraldo que também foi traduzido para o espanhol e virou série de livros em quadrinhos.

O livro também se tornou um filme produzido para a televisão e exibido pela TVE Brasil em 1996, com com Letícia Dabatella no papel-título além de grandes nomes e, em 2009, o livro ganhou um novo filme que conta com Paola Oliveira no papel da professora Catarina. As filmagens foram feitas na cidade histórica de São João del-Rei, em 2009 e o lançamento foi em outubro de 2011.

A ideia de escrever o livro Uma Professora Muito Maluquinha surgiu quando professoras pediram para que Ziraldo — escritor, cartunista, chargista, pintor, dramaturgo, caricaturista, cronista, desenhista e jornalista brasileiro — transformasse em livro suas ideias sobre a arte de ler e escrever e sobre as lembranças de uma professora que abriu seus olhos para o mundo.

Ziraldo busca aproximar sua obra a um conto de fadas, convidando o leitor a entrar no seu mundo imaginário, como no inicio da história — Era uma vez uma professora maluquinha — e no desenrolar do texto, ele vai alimentando esta fantasia e, para reforçar as virtudes da protagonista, utiliza o recurso das imagens que é explorado a cada página, misturando-se imagens e letras para que um complemente o outro.


Dia Nacional do Livro: 29 de outubro
"Você sabe por que comemoramos o dia Nacional do Livro no dia 29 de outubro? Por que foi nesse dia, em 1810, que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, quando então foi fundada a Biblioteca Nacional e esta data escolhida para o DIA NACIONAL DO LIVRO." 
 Querem saber mais sobre Ziraldo? Pesquisem, pois vocês vão se surpreender.
É muito difícil resumir todo histórico desses "monstros" geniais da Literatura, mas é uma honra para o nosso blog da amizade estimular a curiosidade sobre eles, sempre com uma pequena demonstração.
Abraços da amiga Janete





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...