segunda-feira, 31 de março de 2014

Zaqueu

Olá, meus queridos amigos.
Para começar bem a semana, escolhi um trecho do livro Kairós, onde o Padre Marcelo Rossi faz mais um comentário, nos levando a refletir sobre essa passagem da Bíblia tão conhecida, como Zaqueu; mas será que paramos para analisar essas passagens e compará-las sempre com os dias de hoje em que vivemos com tantos problemas e preocupações, que simplesmente nos deixamos levar por eles, sem nos questionarmos se não somos nós mesmos quem procuramos viver nessa confusão que muitas vezes nos envolve pelas nossas fraquezas e inconsequências... Vamos pensar melhor?
Jesus entrou em Jericó e ia atravessando a cidade. Havia aí um homem muito rico chamado Zaqueu, chefe dos recebedores de impostos. Ele procurava ver quem era Jesus, mas não o conseguia por causa da multidão, porque era de baixa estatura. Ele correu adiante, subiu a um sicômoro para O ver, quando Ele passasse por ali. Chegando Jesus àquele lugar e levantando os olhos, viu-o e disse-lhe: "Zaqueu, desce depressa, porque é preciso que eu fique hoje em tua casa". Ele desceu a toda a pressa e recebeu-O alegremente. Vendo isso, todos murmuravam e diziam: "Ele vai hospedar-se em casa de um pecador...". Zaqueu, entretanto, de pé diante do Senhor, disse-Lhe: "Senhor, vou dar a metade dos meus bens aos pobres e, se tiver defraudado alguém, restituirei o quádruplo". Disse-lhe Jesus: "Hoje entrou a salvação nesta casa, porquanto também este é filho de Abraão. Pois o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido". (Lc 19,1-10)
Padre Marcelo:
"Gosto muito do último versículo desse trecho do Evangelho de São Lucas. Ele nos lembra de que a missão de Jesus, o Filho de Deus, é salvar aquele que está perdido. Todos nós somos pecadores. Todos nós temos uma parcela de perdição. Uns cometem faltas pequenas, outros, faltas graves, mas todos nós, sem exceção, somos pecadores. Nascemos com o pecado original, herança de Adão e Eva, que é apagado no Batismo, mas vamos cometendo outros pecados ao longo da vida. Nem sempre nos lembramos de que há uma única maneira de nos salvar de nossos pecados e essa salvação tem um nome: Jesus!
Em sua curta existência na Terra, o Filho de Deus modificou a mentalidade dos povos daquela época. De lá para cá, o mundo mudou, a humanidade evoluiu, mas, infelizmente, a maldade e o ódio não foram varridos do planeta. Apenas ganharam outras formas de manifestação. O egoísmo, a inveja, a mentira, o desamor, a corrupção e a violência estão diante de nosso olhos, corroendo e contaminando a vida de todos.
Para nossa sorte, Jesus continua a ser o caminho da salvação. Ele quer mudar nossa mentalidade do mesmo modo que mudou a dos povos antigos durante Sua passagem pela Terra.
Jesus não rejeita os pecadores, Jesus os transforma. Quando o Senhor foi à casa de Zaqueu, este se sentiu acolhido e prometeu restituir ao povo tudo o que havia roubado. O Kairós de Zaqueu aconteceu com o acolhimento de Jesus.
Existe muita diferença entre compactuar com o pecado e acolher um pecador. Amparar um irmão é essencial, seja ele pecador ou não. Acolher o outro transforma tudo. Sempre digo aos meus voluntários do Santuário que a acolhida aos fiéis é o primeiro passo para que Jesus possa fazer a mudança na vida de quem bate à Sua porta.
Quem não gosta de chegar a um lugar desconhecido e ser acolhido com amor, com um sorriso e simpatia? Isso muda tudo, você se sente em casa. Do mesmo modo que as portas se abrem, você abre o seu coração. É quando Jesus pode fazer o Kairós acontecer em sua vida. Porque Ele sempre toca os corações abertos ao amor e à transformação.
Estou certo de que Jesus quer fazer um Kairós em sua vida, e mesmo sem conhecer você pessoalmente, posso afirmar isso. E sabe por quê? Porque eu posso não conhecer, mas, com certeza, Jesus conhece. Ele conhece suas fraquezas, suas faltas, seus arrependimentos, suas tristezas. Ele sabe até quais são os seus pecados de estimação, aqueles que sempre confessamos, mas não conseguimos deixar de cometer. Jesus sabe exatamente o que precisa ser mudado em sua vida e está pronto a acolher você. Ele só espera que você se permita ser ajudado. Faça isso, e o seu Kairós virá no tempo certo."
Uma ótima semana a todos
Abraços da amiga Janete

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...