segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Olhe para o alto do Monte Ararate

Olá, meus amigos.
Começando bem a semana de hoje, escolhi um texto extraído do livro "Olhando para os Montes" - Autor: Simonton Araújo e esse texto condiz muito com os tempos de hoje, quando as famílias estão necessitadas de recuperar os seus reais valores.
Um lindo texto para refletirmos durante essa semana.
"O monte Ararate tem 5.300 metros de altura e fica na Mesopotâmia.
A descrição bíblica adapta sua localização na antiga Armênia, que agora faz parte da Turquia moderna, em sua porção oriental.
Ele tem a forma de um cone irregular e está ligado a outro monte, conhecido como Pequeno Ararate, por uma longa cadeia de quase 13 km de extensão.
Andando pela trilha de Gênesis 8:4, encontramos, no alto dele, uma arca. Nela, Noé e sua família reunida, salva do dilúvio, estavam se preparando para sair.
O contexto no qual Noé viveu era de grande corrupção moral, e a família foi o alvo mais alcançado e estraçalhado nesses dias.
Antes de cair um dilúvio de águas sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites, ela, a família, já estava submersa em um dilúvio de atitudes levianas que desestruturaram todos os seus alicerces. E, se essa instituição divina falindo, tudo estava destruído.
Encontrando a arca no Ararate, encontramos Deus se preocupando não apenas com o homem individualmente, mas também investindo no lar de Seus filhos.
A arca de Noé aponta para essa preciosa verdade: um Deus gracioso abençoando "por tabela" os nossos familiares, isto é, usando-nos para sermos um canal de benção dentro da nossa casa.
"Disse o Senhor a Noé: Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque reconheço que tens sido justo diante de mim no meio desta geração" (Gênesis 7:1).
Hoje, como nos dias de Noé, a família está correndo risco de ser engolida pela corrupção moral de nossa sociedade.
A rebeldia, o desrespeito, a infidelidade, a falta de carinho e tantos outros ingredientes semelhantes a esses têm perturbado a nossa casa.
Precisamos de socorreo.
Socorro para o casamento, socorro para exercermos com sabedoria a paternidade, socorro para os filhos...
Olhe para o Ararate.
Lá você encontra um Deus que investe e intervém na recuperação da família.
E esse Deus não mudou.
Hoje também Ele pode e quer usá-lo para a recuperação da sua família. Como chamou Noé, Ele chama você para esse ministério.
Não fique esperando pelos outros e dos outros. Tome a iniciativa.
Escrevi o livro "Recuperando os Valores da Família" observando que, na parábola da mulher que possuía dez moedas e perdeu uma (Lucas 15:8-10), ela investe todo esforço até encontrá-la.
Ela varre a casa, acende a luz e procura diligentemente recuperar o valor perdido.
Principalmente no meio das crises em família, olhe para o Monte Ararate.
Não foi fácil e romântico para Noé construir aquela arca e colocar alí a sua família. Foi um trabalho árduo. Mas conseguiu.
Eleve os seus olhos para o Monte Ararate e veja o socorro do Senhor oferecido também a você.
Alí Ele não somente está garantindo uma conclusão feliz no meio do caos, mas está chamando e vocacionando você para ser uma benção dentro do seu lar. E Ele não mudou.
Uma das lições que aprendemos lá em cima é esta: invista, mesmo que pareça uma grande loucura. Invista no seu lar.
Ainda hoje podemos confiar nessa palavra:
"...Crê no Senhor Jesus
e serás salvo, tu e tua casa".
(Atos 16:31)"
Uma ótima semana a todos.
Abraços da amiga Janete

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...