quarta-feira, 12 de junho de 2013

Cecília Meireles

Olá, meus queridos amigos. Antecipei a nossa edição do Cantinho da Literatura que apresento todas as quintas-feiras, pois hoje é um dia muito especial.
Na semana passada, dei início ao mês mais romântico, que é o mês de junho. Hoje é o DIA DOS NAMORADOS e continuo com as homenagens para os apaixonados.  Aproveitem bem esse dia especial e curtam uma noite maravilhosa com o seu amado.
Apaixonem-se, mesmo que estejam sem um companheiro, sem um namorado, mas apaixonem-se, pois o importante é o amor.
Amor a nós mesmos, possibilitando a entrada de sentimentos positivos em nosso coração.
Sei que os poemas de amor são tantos, que fica difícil selecionar, mas em nome de todos os escritores românticos, escolhi alguns poemas e pensamentos de alguns desses escritores para presentear esse nosso espaço, fazendo com que nos inspire a sonhar e a amar...
POEMAS PARA O DIA DOS NAMORADOS

"O Amor...
É difícil para os indecisos.
É assustador para os medrosos.
Avassalador para os apaixonados!
Mas, os vencedores no amor são os fortes.
Os que sabem o que querem e querem o que têm!
Sonhar um sonho a dois,
e nunca desistir da busca de ser feliz,
é para poucos!!"
Cecília Meireles
"Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve...
Cecília Meireles
Serenata
"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silêncio, e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"
Cecília Meireles
Ternura
Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor
seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentando
Pela graça indizível
dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura
dos que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer
que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas
nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras
dos véus da alma...
É um sossego, uma unção,
um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta,
muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite
encontrem sem fatalidade
o olhar estático da aurora.
Vinícius de Moraes
Amor em paz
Eu amei
Eu amei, ai de mim, muito mais
Do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer
E me desesperar

Foi então
Que da minha inifinita tristeza
Aconteceu você
Encontrei em você a razão de viver
E de amar em paz
E não sofrer mais
Nunca mais
Porque o amor é a coisa mais triste
Quando se desfaz.
Vinícius de Moraes


"Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não."
Manoel Bandeira
"Não quero mais amar a ninguém
Não fui feliz, o destino não quis
O meu primeiro amor
Morreu como a flor
Ainda em botão,
Deixando espinhos
Que dilaceram meu coração."
Cartola
O Amor
O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar pra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer.

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
 Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...
Fernando Pessoa
O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formamos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o princípio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida.
Fernando Pessoa
BILHETE
Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...
Mario Quintana
"E a emoção do nosso amor
Não dá pra ser contida
A força desse amor
Não dá pra ser medida
Amar como eu te amo
Só uma vez na vida"
Roberto Carlos
Como é lindo o amor. Como é lindo amar...
Como é lindo viver o amor, como é lindo sonhar...
Se um dia a paixão aconteceu em sua vida e não foi possível sustentá-la,
Acredite que uma grande paixão é sem dúvida fruto de uma grande conquista.
Acredite que se houve uma grande conquista, não foi apenas uma paixão, mas acredite:
foi um grande amor.
Acredite que se aconteceu um grande amor, a paixão não é passageira; ela te acompanha para o resto da vida, é uma motivação para viver, apenas com um doce sabor da lembrança...
Janete

Parabéns a todos os casais apaixonados!

Abraços da amiga Janete














Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...