quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Yakisoba



Boa noite meus amigos
Hoje fiz essa receita de yakssoba e estou passando para vocês com segurança, pois ficou muito saborosa e como sempre, fácil de fazer.
Estou passando a receita completa que tirei da Internet, mas os legumes que usei, foram somente brócolis, cenoura, couve flor e acrescentei repolho; como vocês podem observar nas fotos. O molho feito com maisena ficou ótimo e fez grande diferença nesse prato saboroso e prático.
Espero que gostem dessa receita.
Abraços da amiga Janete e até o próximo encontro no “Cantinho da culinária”.
INGREDIENTES:
250 g de macarrão oriental (Na falta pode usar espaguete, talharim ou linguine)
150 g de carne (filé ou alcatra) cortada em tirinhas
150 g de filé de frango cortado em tirinhas ou cubos
150 g de filé de camarão
1/3 de uma couve flor média cortada em pequenos buquês
1/3  de brócolis japonês cortado em pequenos buquês
01 cenoura cortada em tirinhas
½ pimentão amarelo cortado em tirinhas
½ pimentão vermelho cortado em tirinhas
01 cebola cortada em tirinhas ou em pétalas
100 g de cogumelos cortados em lâminas
02 colheres (sopa) cheias de maisena
½ caldo Knorr de carne ou frango
½ xícara de molho de soja shoyu Sakura
3 ½ xícaras de água
MODO DE PREPARO:
1 - Cozinhe levemente o brócolis, a couve flor e a cenoura já cortada em tiras – É importante não cozinhar demais (3 minutos de fervura no vapor é suficiente).
Eu não gosto de legumes muito cozidos, ainda mais nesse caso que eles sofrerão nova fervura.
2 - Enquanto isso coloque a água do macarrão para ferver, com sal apenas.
Quando levantar fervura, coloque o macarrão e desligue quando estiver “al dente”, escorra sem lavar e reserve.
3 - Coloque as três xícaras e meia de água para ferver, com as duas colheres de maisena previamente dissolvida, o meio caldo Knorr e o shoyu (Se tiver saquê, coloque duas colheres junto). Quando der uma leve engrossada, desligue – está pronto o molho para yakssoba.
Existe molho pronto para yakssoba nas lojas especializadas (Contém saquê, molho de soja, molho inglês, glutamato monossódico e tonkatsu)
4 – Tempere as carnes apenas com sal (A cozinha oriental não costuma usar alho, mas, caso queira, utilize o tempero de sua preferência) e envolva-as com maisena.
Doure as carnes numa Wok ou numa frigideira antiaderente espaçosa, untando-a com azeite ou óleo de gergelim.
Assim que estiverem douradas acrescente a cebola, em seguida os pimentões e os cogumelos para retirar o cheiro de conservante. Passados uns três minutos, acrescente a cenoura e as florzinhas de brócolis e couve flor, mexa e vá acrescentando o molho para yakssoba.
Após ferver um pouco e apresentar uma sobra farta de molho, acrescente o macarrão cozido, deixe ferver rapidamente e desligue.
Observações importantes:
Esse prato, além de ser delicioso e bonito, é muito fácil e rápido de se preparar (cerca de 4º minutos), além de possibilitar muito espaço para alterações: por exemplo: além dos legumes apresentados acima, podem ser utilizados como variantes (ou substitutos) a celga (crua), a vagem cortada em pedaços de 3 cm (pré-cozida) , o aipo/salsão (cru), o broto de feijão (cru) ou de bambu, o repolho (cru), abobrinha italiana (crua), ervilha torta (pré-cozida e inteira), além de poder incrementar com raiz forte, gengibre, sementes de gergelim ou de amendoim torrado e descascado, pimenta biquinho.
A quantidade de água do caldo para yakssoba pode e deve ser alterada. Quando colocamos o caldo e percebemos que ele não está abundante (suficiente para envolver também o macarrão), devemos colocar mais um pouco de água e se preciso for, água  com um pouco de maisena diluída.
Outro detalhe importante: Não ter as três carnes em casa não é desculpa para não fazer o prato. Pode usar só carne vermelha (suína ou bovina – cerca de 400 g) ou só peito de frango ou as três carnes se tiver à mão.
Se não tiver cogumelos, também não altera a qualidade do yakssoba, que pode ser feito com os ingredientes disponíveis – o broto de bambu substitui o cogumelo, uma verdura substitui a outra, um legume substitui um outro que falta.
Nunca mais direi “não posso”,
Porque “tudo posso naquele que me fortalece“. (Filipenses 4:13).

Nunca mais direi “não tenho”,
Porque “o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em
Cristo Jesus, cada uma de minhas necessidades”. (Filipenses 4:19).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...