sexta-feira, 14 de abril de 2017

Paixão do Senhor

Olá meus queridos amigos.
Chegamos na Sexta-feira Santa, o dia da morte de Jesus Cristo, e seguimos com o "Evangelho Comentado", falando sobre a consumação da Crucificação de Jesus.
Vamos refletir?
 



Evangelho: Jo 18,1-19,42.
[...] Depois disso, sabendo Jesus que tudo estava consumado, e para que se cumprisse a Escritura até o fim, disse: "Tenho sede!" Havia ali uma jarra cheia de vinagre. Amarraram num ramo de hissopo uma esponja embebida de vinagre e a levaram à sua boca. Ele tomou o vinagre e disse: "Está consumado". E, inclinando a cabeça, entregou o espírito. [...] Um soldado golpeou-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água. (Aquele que viu dá testemunho, e o seu testemunho é verdadeiro; ele sabe que fala a verdade, para que vós, também, acrediteis). [...]
"Está consumado", disse Jesus. Sexta-feira Santa é dia de silêncio e recolhimento. É dia de olhar para o Calvário, para a cruz. A maior prova de amor de Jesus está para acontecer, dar a vida pelos seus. Só oferece a vida quem ama profundamente. A Igreja celebra e contempla a paixão e morte de Cristo. Hoje é o único dia em que não se celebra, absolutamente, a Eucaristia. A veneração da cruz, símbolo da salvação, pretende dar expressão concreta à adoração de Cristo crucificado. Hoje é dia de praticar jejum e abstinência de carne. Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo, e vos bendizemos porque pela vossa santa cruz remistes o mundo. Eis o lenho da cruz do qual pendeu a salvação do mundo. Vinde, adoremos!
 
PROPOSTA DO DIA: Participar da via-sacra ou procissão do Senhor Morto.
 
De meus adversários me tornei o opróbrio (Sl 31[30])

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...