quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

AMOR DE VERÃO

Olá, pessoal.
O verão está tão bonito, não é mesmo?
Os dias começam brilhantes, com os raios fortes do sol; isso me encanta e me faz agradecer...
Não tem chovido, é fato, é pena, seria bom uma chuvinha de vez em quando, mas a tela da natureza está esplendorosa com um tom de azul inspirador, e o Mestre Álvaro, límpida paisagem, fico olhando da janela, aproveitando o vento em meu rosto, para aliviar o intenso calor, mas observando essa pintura da Mão da Mãe Natureza, vale a pena parar um pouco para usufruir desse encantamento, e ouvir a sinfonia dos pássaros que brincam, voando e pousando nas árvores, com a alegria dos seus cantos afinadíssimos.
Que esse verão, possa aquecer também os corações que ainda não conseguiram despertar para o calor humano, que não conseguiram decifrar a simplicidade diante de tanta riqueza que faz alegrar a alma e que não conseguem alcançar essa dádiva de Deus, que permite a todos essa abençoada e admirada estação.
Verão é também uma das fontes inspiradoras para os escritores, dando asas à imaginação, aos sonhos e a alegria de poder usufruir de dias, tardes e noites inesquecíveis, assim como esse lindo poema que escolhi para vocês, no nosso "Cantinho da Literatura".
 

AMOR DE VERÃO

O verão chegou trazendo o sol,
Beijando as brancas areias do mar,
A espuma das ondas em caracol,
Formava brisas frescas no ar.

Éramos dois enamorados,
Flutuávamos sobre a areia,
E eu todo apaixonado,
Como o mar em maré cheia.

Com doces beijos te amava,
Tuas rosadas faces eu beijava,
Que a brisa do mar molhava,
E que a luz do sol bronzeava.

Eu era teu condutor,
Levavas-te pelas mãos,
Era um belo sonho de amor,
Éramos nós dois, o nosso primeiro verão.

Nem via o tempo, parecia um faz de contas;
Tu eras a minha sereia,
Eu te beijava nas ondas,
E as ondas beijavam a areia,

A maré mansa subindo,
E o sol como um menino
No horizonte sumindo,
Para a lua dar lugar,
Para quando chegar à noite,
A areia branca beijar.

Não cansei de te amar,
Era o mais feliz dos homens,
E na areia branca do mar,
Deixei gravado o teu nome.
Márcio Gonçalves Bentes de Souza é um escritor brasileiro
Querem saber mais sobre esse grande escritor? Pesquisem, pois vai valer a pena. Lindas obras e uma Biografia exemplar.
Abraços da amiga Janete

CAMINHO PARA O SUCESSO.
O caminho para o sucesso não é nada fácil. Não é uma guerra, são batalhas quase diárias, com vitórias e derrotas, lágrimas e sacrifícios e que ao final sentimo-nos orgulhosos pelos objetivos conquistados e por termos vencido com os nossos próprios méritos.
                                                                                Márcio Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...