domingo, 25 de setembro de 2016

Sarau da Val

Olá, meus queridos amigos.
Quem de vocês já participou de um Sarau?
Para quem tem a curiosidade de saber um pouco sobre o assunto, é sabido que normalmente, um sarau é composto por um grupo de pessoas que se reúnem com o propósito de fazer atividades lúdicas e recreativas, como dançar, ouvir músicas, recitar poesias, conversar, ler livros e demais atividades culturais.
E a origem da palavra sarau deriva do latim seranus / sérum, termos que fazem referência ao "entardecer" ou ao "pôr do sol" Justamente por ter esta etimologia, convencionou-se realizar os saraus durante o fim da tarde ou noite.
E foi desse jeito que Valdecy Bragança promoveu o seu "4º Sarau da Val", o qual tive a oportunidade de participar e fiquei muito feliz com tudo que assisti, pois foi a minha primeira participação.
Este ano, com o tema "Eu, você e a Poesia", superou toda a minha expectativa.
Além das poesias, o sarau foi composto de lindas músicas, embaladas por cantores do grupo, músicos de qualidade, momento de reflexão e agradecimento e cantoras revelação, prestando homenagens a Valdecy.
Foram momentos agradáveis, e uma grande oportunidade de entender como realmente funciona um sarau.
 
Pela sutileza do convite e a delicadeza da decoração nas mesas, dava para imaginar
 o que vinha pela frente.
 
Essa é Valdecy, a protagonista da festa; vocês devem lembrar das homenagens prestadas a essa querida amiga e poetisa, no nosso "Cantinho da Literatura"
 
 Apresentando os incansáveis e fantásticos músicos - José Carlos, Jayme e Dirceu -  que embalaram com lindas canções durante todo o evento.

 

Durante a chegada dos convidados, a tradicional sessão de fotos para registrar esse encontro que ficará marcado para sempre em nossas vidas.
 

 
 
Com a presença de todos, agora sim, o início do Sarau.
Valdecy convidou a amiga Germânia  a apresentar e conduzir todo o evento,
que em seguida, apresentou o Sr. Osvaldino, Flávia e  Bárbara que após a leitura de um lindo trecho da Bíblia, convidaram a todos a uma séria reflexão sobre a oração do "Pai Nosso" em reconhecimento e agradecimento a Deus.
 
Após a oração,  formou-se um longo silêncio, ouvindo somente a suave voz de Bárbara e a marcante voz de Osvaldino dialogando sobre o significado do "Pai Nosso" nas atitudes de cada pessoa e sobre o sentido real de cada frase da oração.
  
Após esse lindo momento, o abraço emocionante de Bárbara, Osvaldino e Valdecy.
Bárbara é a coordenadora do CCTI-JC, que prestigiou esse Sarau, com a sua delicadeza e simpatia.
   
E o Sarau deu sequência, com lindas músicas...
 Moema, a querida cantora e atriz, sempre com um repertório romântico e o show de José Carlos que desde o início, animou com lindas e eternas serestas,
 
 aos olhares atentos dos convidados que apreciaram com muita aprovação.

 
Sarau é assim. Músicas, poesias, divulgações de poetas... e o principal: encontro com pessoas importantes em nossas vidas para usufruir de momentos agradáveis e inesquecíveis.
Valdecy convidou a escritora e poetisa Elisa Franchiani, que descreveu a amiga dessa forma: "gosta dos poemas e de ser admirada, assim como ajuda a divulgar poetas e compartilhar carinho, mas tem que ter música, pois gosta de dançar e flutuar pelo salão..." e é esse o maior objetivo desse Sarau - compartilhar toda a sua alegria com os amigos.


 Agora, um lindo dueto declamado por Valdecy com o poema "Devolva-me", de sua autoria e musicado por José Carlos, na interpretação de Moema

 Em seguida, uma surpresa para Valdecy. Moema, com sua linda voz e interpretação, cantou "Se todos fossem iguais a você", de Tom Jobim em homenagem a amiga.

 Continuando, José Carlos, com a linda música de Roberto Carlos -
"Onde você estiver não se esqueça de mim"... 

 Maria Clara e Isabela, duas princesas com lindas vozes, ofereceram duas canções, sendo uma delas, "Você é assim"... - lindo de ver e de ouvir

 Dessa vez, Elisa Frechiani voltou com um lindo poema "O Moço" -  e assim, com tantas homenagens,

 chegou a vez da professora Norma, com a emocionante poesia de seu filho Hamilton Júnor "O Cérebro e o Coração" e logo em seguida, cantou a bela canção do filme O Mágico de OZ, "Além do Arco Iris" na versão inglês - linda interpretação.
 
 
Vocês estão lembrados de Sônia Pimentel? também homenageada no "Cantinho da Literatura" com suas lindas poesias? Claro que não podia faltar a apresentação dessa admirável e respeitada escritora, com "E o vento levou" e "Tal e qual", de sua autoria, com uma impecável interpretação.
 
 E rolou emoção...
 
 Novamente Elisa Frechiani, com toda suavidade, recitou, de sua autoria, "Indagações" -
Linda e emocionante poesia.
E para surpresa de Val, sua sobrinha Daniele, fez uma homenagem à tia, com "Olhar Cruciante" - essa é uma poesia de Valdecy e uma das suas preferidas. Haja coração!


 A felicidade foi tanta, que Valdecy não se conteve e literalmente flutuou pelo salão.
Bonito de se ver

 Uma pausa nas poesias para apresentar o "desfile das flores" - afinal estamos no início da primavera .
Com muita elegância, as modelos Elisa, Valdecy, Zilma, Moema, Alzenira, Sara, Tania e Catarina, desfilaram ao som de "Garota de Ipanema" - Muita alegria e descontração nesse momento.
  Aplausos para todas as flores desse lindo jardim...

 
  E o abraço das modelos - Sucesso! Parabéns a todas.
 Despois do desfile, uma grande revelação. Com a música "Meu mundo caiu", - em homenagem à cantora Maísa - Sônia dos Anjos com sua linda voz e uma admirável interpretação, encantou com seu profissionalismo.
 


  Antes do encerramento, Valdecy convidou a todos a cantar "A Primeira Vista" de Chico César e foi mais um carinho e reconhecimento da nossa amiga.

 E para encerrar, Valdecy ofereceu um delicioso caldo verde e caldo de abóbora, com as deliciosas torradinhas feitas pela Elisa Frechiani; e tudo isso, ao som da linda voz de Moema com "Emoções", de Roberto Carlos, acompanhada pelos fantásticos músicos.



 Depois de todo sucesso, só tenho a agradecer a Valdecy pelo convite e oportunidade de participar pela primeira vez de um Sarau.
Aproveitando, parabenizo os poetas, cantores, músicos e todos que homenagearam essa querida amiga que nos proporcionou essas horas de lazer.
Foram muitas emoções.

Ilmar, Janete e Valdecy
Frequentamos o Centro de Convivência de Jardim Camburi - CCTI-JC
Abraços da amiga Janete
 
“Porque, quanto mais uma pessoa for humilde, tanto mais será caridosa com o próximo. O paraíso das comunidades é a caridade; a caridade é a alma das virtudes e é a humildade que as atrai e as conserva. Acontece com as companhias humildes como com os vales, que atraem para eles toda a umidade das montanhas: logo que nos esvaziarmos de nós mesmos, Deus nos encherá de si, porque não tolera o vazio” (SV XI,2)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...