quinta-feira, 1 de setembro de 2016

O tempo - Sônia Schmorantz

Olá, meus queridos amigos.
Aqui estamos novamente iniciando mais um mês; mas não é qualquer mês. É Setembro, o mês de renovar as esperanças, o mês de alegria e expectativa de um novo tempo, de encerrar uma estação e começar a colorir a vida com a maior aquarela formada pelas flores. Nossa! Mais parece o mês dos namorados, de tanto romantismo no ar; só que não; é setembro que voltou; é o tempo que não para, mas roda na roda da vida; é o tempo em que aflora dos nossos corações as mais doces lembranças e saudades; ah, o tempo que nos inspira a seguir com mais coragem e a certeza de que poderemos caminhar, enquanto ele, o tempo, nos permitir; enquanto há tempo para fazermos o nosso próprio tempo seguindo em cada estação; e é exatamente sobre esse tempo, que lendo essa linda poesia de Sônia Schmorantz, que me emocionei e me inspirei para oferecer  -  não o início de uma estação, mas de um novo mês e um novo tempo em nossas vidas - como uma bela reflexão, dando as boas vindas ao Setembro do nosso tempo que está começando hoje.
 

 
 
O tempo se esfumaça

na janela em que se espreita a vida.

O alaranjado entardecer traz nostalgia

como se a vida também desaparecesse

com o sol ao final de cada dia.

Não se vive uma história sem amor

Não se faz um caminho sem coragem

Não se passa os dias em branco.

Há em cada dia uma chegada e uma partida,

coisas que estão além do bem e além do mal.

Cada dia tem sua dose de ironia e de amor

sua dose de rotina e sua dose de humor,

mas quando chega ao final morrem com ele

tudo que se passou, morremos nós.

Ficam as lembranças do que marcou,

o resto fica num labirinto de imagens,

engavetados na memória, sem uso...

Cada dia amanhece e anoitece à mesma hora,

cada um com seu destino ou desatino,

entre um e outro há o tempo que não volta.

O tempo parece brincar entre acasos e ocasos,

dias compridos, coisas novas e coisas velhas.

Depois desarruma tudo e vai embora...

Sônia Schmorantz
Que o mês de setembro encha as nossas vidas
de alegria, amor e fé.
Muitas flores para vocês.
Abraços da amiga Janete
 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...