quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Affonso Romano - Pensamentos

Olá, meus queridos leitores. O mosso Cantinho da Literatura encerra hoje as homenagens ao escritor Affonso Romano, com alguns de seus pensamentos inspiradores. Querem saber mais? Pesquisem. Vocês vão se surpreender.
Abraços da amiga Janete.



Desde que conheci você 
sinto como se estivesse andando
com pequenas asas nos meus
sapatos
como se meu estômago estivesse
cheio de borboletas

Affonso Romano de Sant'Anna

Debaixo de minha mesa
tem sempre um cão faminto
-que me alimenta a tristeza...
Debaixo de minha pele
alguém me olha esquisito
-pensando que sou ele.
Debaixo de minha escrita
há sangue em lugar de tinta
-e alguém calado que grita.

Affonso Romano de Sant'Anna

O que não escrevi, calou-me. 
O que não fiz, partiu-me. 
O que não senti, doeu-se. 
O que não vivi, morreu-se. 
O que adiei, adeu-se.

Affonso Romano de Sant'Anna

"Metiram-me ontem e hoje mentem novamente. Mentem de corpo e alma, completamente. E mentem de maneira tão pungente que acho que mentem sinceramente. Mentem sobretudo, impunemente. (...) E de tanto mentir tão bravamente, constroem um país de mentira - diariamente."
Affonso Romano de Sant'Anna


Sem o mito do amanhã não existiríamos. Não fora o amanhã e secaríamos à beira dos caminhos, esboroaríamos como um cascalho no deserto. O amanhã é que fermenta o hoje, que fermenta o ontem.
Affonso Romano de Sant'Anna



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...