quinta-feira, 25 de junho de 2015

Dentro de Mim Mora um Anjo - Cacaso


Olá meus queridos amigos. Hoje, o nosso "Cantinho da Literatura" continua com Cacaso e mais um de seus lindos e curiosos poemas.
Uma boa leitura para vocês.
Abraços da amiga Janete

Dentro de Mim Mora um Anjo
Quem me vê assim cantando
Não sabe nada de mim
Dentro de mim mora um anjo
Que tem a boca pintada
Que tem as asas pintadas
Que tem as unhas pintadas
Que passa horas a fio
No espelho do toucador
Dentro de mim mora um anjo
Que me sufoca de amor

Dentro de mim mora um anjo
Montado sobre um cavalo
Que ele sangra de espora
Ele é meu lado de dentro
Eu sou seu lado de fora
Quem me vê assim cantando
Não sabe nada de mim

Dentro de mim mora um anjo
Que arrasta as suas medalhas
E que batuca pandeiro
Que me prendeu nos seus laços
Mas que é meu prisioneiro
Acho que é colombina
Acho que é bailarina
Acho que é brasileiro.
Cacaso
Publicado no livro Mar de mineiro: poemas e canções (1982).

Poema integrante da série Papos de Anjo da Guarda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...