quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Ventos de Agosto

Olá, meus queridos amigos.

Ofereço esse poema, dando as boas vindas ao mês de agosto, agradecendo a todos os leitores do "Cantinho da Literatura".
Um ótimo mês para todos.
Saúde e paz.
Abraços da amiga Janete



Ventos de Agosto

Crepitantes ventos, estes de Agosto,
nem Inverno, nem Primavera,
apenas um gostoso cheiro de Outono,
salpicado pelo calor do Verão.

Vento esse, bem forte,
eleva as folhas, balança as flores,
desabrocha mudas, dá formas à grama,
torce as mais altas copas das árvores.

Vento esse, inspirador,
trás de longe o perfume das flores,
trás de volta a esperança da vitória,
trás novamente, notícias do meu amor.

Mensageiro dos deuses,
amigo dos heróis,
traga para nós a paz,
aquela dos céus, eterna.

Nos ajude encontrar a paz,
meu amigo, meu senhor,
meu tão inspirador mensageiro,
me ajude a entender essa busca.

Gostaria de aqui, anunciar meu destino,
destino este, traçado à muitas eras,
escolhido por mim, datado por outros,
e alinhado por superiores.

Obrigado amigo, por existir,
lhe agradeço pelo amor,
amor este dado por Deus,
para um belo mês de Agosto.
Anjo Guardião Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...