terça-feira, 18 de março de 2014

Banana Vitória

Olá meus queridos amigos.
Hoje em Curiosidades, uma novidade sobre essa fruta que traz tantos benefícios para a nossa saúde: a banana e agora falando sobre uma nova técnica de produção descoberta a alguns anos, mas que somente agora se faz mais conhecida aqui no Espírito Santo.
Vocês sabiam?
"Banana Vitória é desenvolvida e mais resistente a doenças e com boa produtividade, no ES."
"Uma conquista que é sucesso e com ótimos resultados."
Essa matéria foi exibida no domingo, 16/03/2014, no Jornal do Campo.
Então, muito interessada, pesquisei um pouco mais sobre o assunto, para deixá-los melhor informados.
Vejam o que encontrei para vocês:
Abraços da amiga Janete

Incaper em Revista
Ano 1 - Nº 1 - Janeiro a Dezembro de 2010

INFORMATIVO ESPECIAL DO INSTITUTO CAPIXABA DE
PESQUISA, ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL
Bananas ‘Japira’ e ‘Vitória’ - resistentes às doenças
Desde o final de 2005, a bananicultura ganhou novo fôlego no cenário nacional e internacional. As variedades Japira e Vitória, do tipo Prata, chegaram ao mercado após 11 anos de estudos e pesquisas conjuntas do Incaper com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Estes novos tipos de bananas têm como principal característica a resistência às doenças sigatoka-amarela, mal-do-panamá e sigatoka-negra, esta última de grande potencial destrutivo, tendo dizimado lavouras por todo o mundo.
As variedades Japira e Vitória foram desenvolvidas a partir de técnicas de melhoramento genético tradicional. Nos últimos anos, foram avaliadas em diferentes ecossistemas, no Espírito Santo (Incaper), na Bahia (Embrapa Mandioca e Fruticultura) e no Amazonas (Embrapa Amazônia Ocidental), apresentando resultados acima da média. Vigorosas, elas produzem frutos com excelente qualidade para o mercado, além de apresentarem maior produtividade. Por serem resistentes às doenças, não há necessidade do uso de agrotóxicos, estando, portanto, adaptadas ao modo de produção agroecológico, mais condizente com a realidade da agricultura familiar. A fruta apresenta ainda vida de prateleira maior após a colheita, qualidade de interesse comum aos produtores, comerciantes e consumidores.
A banana é uma das frutas mais demandadas no mundo. O Brasil é o segundo maior produtor e o maior consumidor. Presente em todas as regiões do Espírito Santo e facilmente adaptável, o cultivo de banana ocupa uma área de 20 mil hectares, espalhados por 17 mil propriedades rurais, predominantemente familiares, gerando cerca de 25 mil ocupações em toda a cadeia produtiva. Nos últimos anos, a produtividade aumentou em 15%, passando de 25 para as atuais 35 toneladas por hectare. De 2005 a 2010, aproximadamente 100 mil mudas das novas variedades foram distribuídas aos agricultores capixabas, resultado do trabalho de pesquisa atrelado à assistência técnica e à extensão rural. 

"Palavras calmas de sábios são mais ouvidas do que gritos de quem comanda insensatos".
(Eclo 9,17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...