terça-feira, 5 de novembro de 2013

Praia do Riacho Doce

Olá, meus amigos.
Hoje  vocês vão conhecer mais uma curiosa maravilha do Espírito Santo.



A Praia do Riacho Doce se localiza na divisa dos estados da Bahia e do Espírito Santo, no Brasil. É exatamente o riacho que dá o nome ao local que divide os dois estados. A parte baiana fica no município de Mucuri e a capixaba no município de Conceição da Barra.
Está entre as mais belas praias do País.
Última praia do Espírito Santo. Tem um riacho de cor escura, rico em lanolina, substância que deixa os cabelos macios. Quiosques de palhoça servem cerveja e peixe. Os carros devem ficar no estacionamento e são 800 metros de caminhada até a praia.
Riacho Doce é um pequeno rio que divide os estados do Espírito Santo e Bahia. A região é bucólica, de difícil acesso, no Espírito Santo feito a partir de Itaúnas, Distrito de Conceição da Barra. A área é apropriada para o lazer e foi assim usada por muito tempo. A comunidade construiu uma pequena estrada de terra, que permitia o acesso à praia e ao riacho.
A região foi transformada em área de conservação, o Parque Estadual de Itaúnas, de responsabilidade do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (lema). Mais uma razão para que a visitação pública fosse incrementada.
Ficou em segundo lugar na promoção "Praia deserta mais bonita do Brasil", realizada pelo site Viaje Aqui, em parceria com a revista Viagem e Turismo e o Guia Quatro Rodas. Cortada por pequenos rios de águas escuras e escondida por florestas de eucaliptos, a praia de Riacho Doce é considerada um "oásis na aridez".
Riacho Doce é uma das praias desertas mais bonitas do Brasil.
Considerada "verdadeiro paraíso" pelos turistas e pela mídia especializada, Riacho Doce, na divisa entre o Espírito Santo com a Bahia, foi eleita em 2008, como a segunda praia deserta mais bonita do Brasil.

 Tranquilidade é um dos lemas da região.
Para quem deseja aproveitar a região, Itaúnas oferece pousadas aconchegantes, tranquilidade e ainda uma trilha sonora que atrai turistas de todas as partes: o forró. Prova disso é que o local recebe, anualmente, o Festival Nacional de Forró, tornando o lugar uma referência nacional desse ritmo.


 A melhor opção de acesso à praia de Riacho Doce, que fica a cerca de 10 km depois da atual vila de Itaúnas, é o trekking. Para ver o encontro do córrego com o mar, o visitante conta com trilhas monitoradas pelos funcionários do PEI. O Parque é aberto à visitação pública, com entrada gratuita. Mais informações obtidas pelo telefone (27) 3762-5196.
Depois do riacho que dá nome ao lugar e um único quiosque são mais 32 km de belas praias e falésias até o rio Mucuri, no estado da Bahia.



Córrego que dá nome ao lugar.
Pertencente ao Parque Estadual de Itaúnas (PEI), no município de Conceição da Barra (ES), seu nome vem do pequeno córrego de água doce e escura que sai do meio das dunas para o mar. Aliás, um dos maiores atrativos da região é justamente a beleza das dunas. As móveis possuem mais de 30 metros de altura e mais de 5 km de extensão. Em 1986, elas foram tombadas como Patrimônio Histórico e Cultural do Estado e escondem a antiga vila de Itaúnas, soterrada entre os anos 50 e 70. Hoje, restam apenas algumas construções que aparecem de vez em quando entre a areia.
COMO CHEGAR EM ITAÚNAS:
Tanto para quem sai de São Paulo quanto para quem sai do Rio de Janeiro deve-se seguir a BR-101 até Conceição da Barra, depois de São Mateus. De lá até Itaúnas são 29 km, sendo 20 km em estrada de terra batida. Para quem vai de ônibus, o melhor é ir de Vitória até Conceição da Barra e de lá pegar mais um ônibus para Itaúnas. Quem faz o trajeto é a viação Mar Aberto com saídas diárias.

Você sabia?
O Espírito Santo ocupa uma área de 46.077,519 km²
Quem nasce no ES é capixaba ou espírito-santense


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...