sábado, 11 de setembro de 2010

À distância

Meus queridos amigos, meus filhos e minha família
Para vocês, essa mensagem que recebi para o dia de hoje; para refletirmos sobre o assunto.
Interessante que parece que veio como encomenda, pois é o que eu estava precisando:
Entender melhor o que está acontecendo em nossas vidas, e concordo plenamente com o que li nesse texto aparentemente simples, mas de uma riqueza incomum para quem nesse momento está precisando se fortalecer no amor, na humildade e nas coisas mais sublimes que deixamos passar, por falta de compreensão, por não saber interpretar as atitudes alheias, por falta de paciência, humildade e gratidão.
Um grande abraço e um ótimo final de semana.
Janete
MENSAGEM E TERÇO BIZANTINO

À distância

Amados já repararam, que na grande maioria das vezes as distâncias que nos separam verdadeiramente das outras pessoas, são "materialmente" imperceptíveis porque são quase sempre nossos pensamentos e sentimentos que fazem este papel?
Que estamos "realmente" separados e distantes muitas vezes daqueles que convivem conosco?
E muito mais "próximos" e "unidos" com aqueles que estão à distância?
Então reflitamos: O que nos separa e distancia verdadeiramente das pessoas?
Nos distanciamos daqueles que nos dirigem palavras, para nós, ofensivas.
Nos distanciamos daqueles que nos incomodam.
Nos distanciamos daqueles que nos ferem.
Então, pergunto-vos: foi a outra pessoa que nos ofendeu ou nossos ouvidos interpretaram ofensivas suas palavras?
Por que algumas pessoas nos incomodam?
Não será porque nos fazem ver nossos defeitos refletidos nas suas atitudes?
Por que algumas pessoas nos ferem?
Não será porque nos deixamos ferir?
Creiam, sempre há os dois lados em todas as questões.
Será que a nossa "distância afetiva" dessas determinadas pessoas vai mudar, transformar alguma coisa?
E todos sabemos que a nossa "tarefa" nesta terra é transformar, mudar e crescer.
A distância concreta é fácil de diminuir, não é?
O pensamento, a memória, o telefone... são tantos os artifícios para driblá-la.
Porém, a distância do coração, das atitudes; essas são bem mais difíceis, porque requerem humildade.
Humildade para verdadeiramente ouvirmos, olharmos e fazermos um movimento receptivo e acolhedor em direçãodas pessoas.
Evangelize!!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá eu Gostária, da sua opinião.

...Notícias...